Analista CSP ganha etapa regional do “desafio do aço”

0

O Ceará é mais uma vez campeão das Américas do Norte e Sul no “desafio do aço”. O analista da CSP, Marcelo Angelotto, é o campeão na categoria Industrial, ao lado do também analista da CSP Daniel Gouvêia.

Agora Marcelo vai disputar a final da 13ª edição do SteelChallenge, em abril de 2019, na Espanha. Essa conquista é um orgulho para a CSP, o Ceará e o Brasil.

Dos seis primeiros lugares na categoria Industrial das Américas do Norte e Sul, cinco são analistas e trainees CSP. Além de Marcelo, que conquistou o primeiro lugar, ficaram entre os dez melhores no “desafio do aço”: Diego Salmir (segundo), Emmanuel Almeida (quarto), Hana Coelho (quinto) e Renardir Maciel Júnior (sexto).

CSP NO STEELCHALLENGE
Nas três últimas edições do SteelChallenge, a CSP também fez bonito. Marcelo Angelotto e Hana Coelho, respectivamente, ficaram em 2º e 3º lugares na etapa regional (Américas do Norte e do Sul) da 12ª edição.

O analista de tecnologia Mateus Paulino representou as Américas do Norte e Sul na etapa final do desafio na 11ª edição (2017).

Já na 10ª edição (2016), Marcos Daniel Gouvêia Filho, que este ano integrou a equipe do Marcelo, levantou a bandeira do Brasil e do Estado como campeão mundial.

O QUE É O DESAFIO? No SteelChallenge, os participantes têm até 24h para produzir um aço de acordo com as especificações solicitadas e com o menor custo possível. O desafio deste ano foi realizar uma simulação de produção no refino secundário. De acordo com Marcelo, o diferencial desta edição é que foi cobrada a produção de um aço com maiores teores de elementos nobres, sendo necessário adicionar em particular níquel, que possui custo mais elevado dentre as ligas nobres.

CSPECEM

Compartilhe

Deixe um comentário