Caminhoneiros bloqueiam trecho de rodovia no Ceará em protesto contra aumento do combustível

0

Por Valdir Almeida, G1 CE

Caminhoneiros realizam protesto contra o preço do combustível em Maracanaú

Caminhoneiros realizam protesto contra o preço do combustível em Maracanaú

Um grupo de caminhoneiros bloqueou a BR-020 em protesto contra o aumento no preço dos combustíveis, nesta segunda-feira (21). O trecho entre Fortaleza e Maracanaú próximo ao Anel Viário está bloqueado parcialmente. Em outro trecho, no km-201, município de Boa Viagem, o bloqueio chegou a ser total, mas já foi liberado.

No quilômetro 526 da Br-116, na cidade de Jati, um outro bloqueio foi montado na tarde desta segunda-feira, que permanece no local. Não há previsão para liberarem a via, conforme policiais rodoviários.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 50 caminhoneiros, entre eles motoristas de caminhões pipa, pararam os veículos no acostamento e queimaram pneus na pista para impedir o trânsito. Um congestionamento de cerca de cinco quilômetros se formou na rodovia por volta das 8h11, devido à manifestação.

Segundo Alcivan Fernandes, um dos organizadores do movimento, a categoria busca chamar atenção para a alta no preço do diesel e também para a necessidade de reajuste dos fretes.

“Com a alta do combustível, ficou praticamente inviável o transporte. Então a gente viu a necessidade de paralisar para ter o reajuste do frete e também chamar atenção sobre aumento abusivo do combustível, que na realidade de hoje não consegue mais contemplar todos os nossos custos.”

Desvios

A PRF informou que enviou quatro equipes para o local. Somente carros de pequeno porte e motocicletas estão transitando pela rodovia.

A Polícia Rodoviária comunicou que foram realizados desvios para os caminhões em direção à cidade de Caucaia e também por vias locais em direção aos bairros da Pajuçara e Centro da capital.

Manifestação nacional

Além do Ceará, caminhoneiros também realizam protestos em outros sete estados: Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Os protestos ocorrem contra o aumento do combustível e dos impostos no valor do diesel. A última alta diária ocorreu na sexta (18), quando a Petrobras elevou os preços do diesel em 0,80% e os da gasolina em 1,34% nas refinarias. Foi o 5º reajuste diário seguido. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo.

A Petrobras diz que as revisões podem ou não refletir para o consumidor final – isso depende dos postos. Mas, segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano.

Caminhoneiros fecharam trecho da Avenida Anel Viário, nas proximidades da rotatória da Ceasa (Foto: PRF/Divulgação) Caminhoneiros fecharam trecho da Avenida Anel Viário, nas proximidades da rotatória da Ceasa (Foto: PRF/Divulgação)

Caminhoneiros fecharam trecho da Avenida Anel Viário, nas proximidades da rotatória da Ceasa (Foto: PRF/Divulgação)

G1

Compartilhe

Deixe um comentário