Ouvir Rádio: Rádio Senado / Universitária FM 107.9 Fale Conosco

Casagrande se emociona com “Copa sóbrio”, Galvão Bueno chora e Arnaldo fala em aposentadoria

0

O fim da transmissão da final da Copa do Mundo da Rússia neste domingo, com a França vencendo a Croácia por 4 a 2 e levando o bicampeonato, foi marcada pela emoção. O comentarista Walter Casagrande Júnior se emocionou ao falar sobre a experiência de passar “uma Copa sóbrio”, fazendo com que Galvão Bueno fosse às lágrimas.

Na sequência, Arnaldo Cezar Coelho falou em aposentadoria do cargo de comentarista de arbitragem na TV Globo. No final, Galvão Bueno também se emocionou e disse que ainda vai pensar se estará no próximo Mundial, em 2022, no Catar.

Tudo começou com o desabafo de Casagrande:

– Essa é a Copa mais importante da minha vida. Eu tive uma proposta quando vim para cá, quando saí do Brasil, que era chegar pela primeira vez numa Copa do Mundo sóbrio, permanecer sóbrio e voltar para a minha casa sóbrio. Então estou muito feliz – disse Casagrande, chorando.

– Assim você chora e me fazer chorar também – respondeu Galvão Bueno.

– Parabéns, Casão! Que Deus te abençoe – completou o narrador.

Na sequência, Arnaldo Cezar Coelho pediu a palavra para falar em aposentadoria da função criada por ele mesmo: a de comentarista de arbitragem.

– A vida da gente é feita de fases. Eu tive a minha como árbitro de futebol, cheguei a apitar uma final (de Copa, a de 1982, entre Alemanha e Itália), que é o grande momento da vida de um árbitro. Eu tive minha fase como comentarista em todas as Copas do Mundo que você (Galvão) esteve comigo. E quero dizer que está chegando ao fim dessa fase. Tenho novos projetos, a Rede Globo está de portas abertas, eu sei disso, mas quero descansar um pouco porque é realmente uma vida fatigante. Quero me dedicar um pouco à família e aos meus negócios também – emendou Arnaldo.

– Muito obrigado a todos. Acho que a equipe da Rede Globo, dos pequenos funcionários até os maiores diretores, é uma equipe grandiosa que nos dá segurança e tranquilidade. A Rede Globo me ensinou muita coisa e consegui ensinar muita coisa ao telespectador. Uma nova fase vem aí, tem um momento de renovação que é muito importante. Agradeço a todos que me ajudaram nesta fase – completou Arnaldo.

Galvão Bueno respondeu:

– Obrigado a você, Arnaldo. Por esses 30 anos ao meu lado, por tudo o que me ensinou, por todos os conselhos que me deu, obrigado pela amizade das famílias, dos filhos, isso é mais importante do que tudo. Que você tenha certeza que abriu um caminho, uma estrada nova para uma nova profissão de ex-árbitros de futebol. Você é o grande Arnaldo Cezar Coelho. Meu amigo querido. Pode isso, Arnaldo? Pode. Você pode fazer o que quiser. Quero te agradecer.

Galvão Bueno deixa futuro em aberto e diz que pode ter sido a última Copa como narrador

Galvão Bueno deixa futuro em aberto e diz que pode ter sido a última Copa como narrador

No final, depois da entrega da taça, foi a vez de Galvão Bueno falar sobre seus planos para o futuro. O narrador não “se garantiu” na próxima Copa do Mundo, a de 2022, no Catar.

– Quero continuar trabalhando, é minha vida. Mas vamos resolver tudo com calma… – disse Galvão.

O narrador de 67 anos fez, ao longo da carreira, 12 Copas do Mundo. Ele se disse particularmente emocionado após o final do torneio deste ano, na Rússia.

– São 12 Copas do Mundo, mas essa foi tão especial, foi tão emocionante, foi tão maravilhosa, que foi como se tivesse sido a primeira. Foi uma Copa, realmente, de mexer com o coração de todos nós. Quero dizer que essa Copa foi muito especial para todos nós, a primeira com o esporte da Globo totalmente integrado, TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com, para levar até você as emoções desse Mundial por um mês. A gente aproximou a Rússia do Brasil. Queria, em nome de 400 profissionais envolvidos nessa cobertura, aqui na Rússia e no Brasil, dizer obrigado pela audiência, pela enorme audiência. Sentimos o quanto o brasileiro gosta da Copa do Mundo, essa paixão. Jamais tantos brasileiros se reuniram para ver uma Copa. Foi uma Copa das imagens espetaculares, dos árbitros de vídeo, das grandes emoções. Foi bom demais. É hora de fazer o convite: respire fundo para o que teremos pela frente. Mais uma vez, obrigado pelo carinho. Um grande abraço a todos os brasileiros que estiveram junto nesses dias. Que venha o Catar 2023. 2022!

Globo Esporte

Compartilhe

Deixe um comentário