CSP/Pecém-NOSSA COMPANHIA

0
Com o objetivo único de promover a ampliação da siderurgia no Brasil agregando mais valor ao minério e gerando riqueza e desenvolvimento para o Estado do Ceará e para o país, foi constituída no ano de 2007 a Companhia Siderúrgica do Pecém, tendo como primeiras acionistas a brasileira Vale e a sul-coreana Dongkuk. Três anos mais tarde, em 2011, a também sul-coreana Posco se somou a este projeto, constituindo a joint venture que deu início à CSP.
Ocupando 998 hectares do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), considerado ideal por condições de solo, localização estratégica e viabilidade logística para a exportação, a obra da CSP tem previsão de duração de 44 meses, iniciados em janeiro de 2011, sob responsabilidade da Posco Engenharia e Construção do Brasil (PEC). A usina contará com a infraestrutura portuária do CIPP, que possui adequadas instalações de carga e descarga de materiais e produtos, além de acesso fácil por rodovias e ferrovias.
Além dos acionistas, a CSP é constituída pelo sonho da sociedade, da iniciativa privada e do poder público, que investem credibilidade neste projeto que é constantemente compartilhado, com vistas a apresentar os reais desenvolvimentos econômico, social e ambiental que fazem parte do seu escopo. Exemplo disso é o fato de que serão gerados 18 mil empregos diretos e indiretos na etapa de obra e que, a partir do fim de 2015, quando se inicia a operação da usina, serão abertos 4 mil postos de trabalho diretos e outros 12 mil indiretos. Vale ressaltar também que, após todos os estudos e ações efetivas já realizadas para preservação da flora e da fauna locais, a CSP destinará 25% dos US$ 4,8 bilhões totais em modernos equipamentos de monitoramento e controle de emissões, liberação de efluentes e gerenciamento de resíduos ao longo de suas operações. A Companhia ainda irá reaproveitar 97% do total de resíduos sólidos gerados, índice acima da média da siderurgia nacional.

Zona de Exportação
A CSP é a primeira empresa a se instalar em uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE) no Brasil, uma área de livre comércio com o exterior, destinada à instalação de empresas voltadas para a produção de bens para exportação.
Empresas instaladas em ZPE contam com benefícios tributário, cambial e administrativo específico, e comprometem-se a exportar, no mínimo, 80% de sua produção.
Para integrar uma ZPE, a CSP segue a Resolução CZPE N.º 05, de 28 de setembro de 2011. O início da operação da CSP na ZPE do Ceará foi autorizado pelo Ato Declaratório Executivo Nº 2, de 27 de agosto de 2013.
DIRECIONAMENTO ESTRATÉGICO CSP
Negócio da Empresa | Produção de aço para o mercado global.
Missão | Produzir aço de forma segura, competitiva e sustentável, cuidando das pessoas, promovendo o desenvolvimento regional e gerando valor para nossos clientes, fornecedores e acionistas.
Visão | Consolidar a CSP como referência mundial em segurança, qualidade, custo, desenvolvimento tecnológico e sustentável na produção de aço.
Direcionadores | Cuidar – Colaborar – Comunicar – Competir – Credibilidade
Política de Gestão | Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança.
A CSP – Companhia Siderúrgica do Pecém, juntamente com as suas lideranças e seus empregados, assume o compromisso de garantir a qualidade de seus produtos, manter a segurança e saúde das pessoas, preservar o meio ambiente, atender aos requisitos legais e outros associados ao seu negócio e prover os recursos necessários, e por meio de seu sistema de gestão estabelece as seguintes diretrizes:
O respeito e o compromisso com a vida • Ter uma atitude decisiva que evite incidentes, promova a segurança, a saúde e a qualidade de vida dos trabalhadores.
A satisfação dos clientes e acionistas • Colocamos as necessidades e expectativas dos nossos clientes e acionistas como ponto central de atuação, visando atender aos seus requisitos.
Promover o desenvolvimento regional • Garantir o papel social da empresa na comunidade, atuando como um dos agentes catalisadores do desenvolvimento regional.
Gestão de riscos • A CSP busca identificar, eliminar, controlar ou mitigar os riscos do seu negócio associados à sua estratégia, à saúde e segurança, ao meio ambiente e às suas operações, produtos e serviços.
Proteger o meio ambiente • Promover ações para prevenção da poluição do meio ambiente, mantendo foco e postura proativos, objetivando uma operação sustentável durante todo o ciclo de vida de nossas atividades.
Desenvolver a competência dos trabalhadores • Manter programas e ações de treinamento e conscientização nas atividades relacionadas à qualidade, ao meio ambiente, à segurança e à saúde, objetivando os resultados desejados.
Melhoria contínua • Através de gestão de objetivos de desempenho, obter o comprometimento das pessoas na busca da melhoria contínua dos processos e do sistema de gestão para alcançar a excelência nos resultados.

 

Compartilhe

Deixe um comentário