Depois de uma semana, hospital Frotinha de Messejana, em Fortaleza, volta a ter energia elétrica

0


Hospital Frotinha de Messejana teve exames cancelados por falta de energia elétrica — Foto: Halisson Ferreira/TVM Hospital Frotinha de Messejana teve exames cancelados por falta de energia elétrica — Foto: Halisson Ferreira/TVM

Hospital Frotinha de Messejana teve exames cancelados por falta de energia elétrica — Foto: Halisson Ferreira/TVM

Depois de uma semana com problemas na fiação elétrica, o Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira (Frotinha de Messejana) teve a energia restabelecida neste sábado (29). A informação é da Prefeitura de Fortaleza.

Os equipamentos da unidade voltaram a funcionar normalmente e os atendimentos suspensos foram retomados. O hospital chegou a cessar a recepção de pacientes de emergência.

O problema teve início no dia 22 de setembro. Um transformador de energia queimou, impossibilitando a utilização de serviços básicos para atendimento na unidade, como o raio-x, conforme o relato de pacientes e funcionários da unidade.

Promessa

O prefeito Roberto Cláudio informou na quinta-feira (27), por meio de redes sociais, que a prefeitura iria trabalhar para resolver o problema até o fim da manhã de sexta-feira (28). No entanto, a situação continou a mesma desde o dia 22 de setembro.

Com isso, muitos pacientes retornam para casa sem o devido atendimento. A dona de casa Krisley Martins machucou o braço na porta de casa na manhã deste sábado. Apesar dos hematomas visíveis, não passou por um médico. Ela foi orientada a procurar outro hospital, como o Frotinha da Parangaba, mas estava de carona com um vizinho e disse que não conseguiria se deslocar para outra unidade. A dona de casa voltou para casa com dor e reclamando da situação.

Na ocasião, a Secretaria Municipal de Saúde afirmouque o hospital possui equipe de plantão para acolher e orientar pacientes que cheguem à unidade, dispondo, também, de ambulâncias para casos de urgência que precisarem de transporte.

Prazo de 48 horas

O Ministério Público do Ceará (MPCE) deu um prazo de 48 horas para o Frotinha de Messejana resolver a falta de energia na unidade de saúde, contado a partir da manhã de quarta. Não foi cumprido. Desde sábado, a unidade de saúde funciona parcialmente por um “um defeito na fiação interna”, segundo a Enel Distribuidora.

Segundo a Promotora de Justiça Ana Cláudia Uchôa, em visita à unidade hospitalar, foi confirmado que apenas dois geradores funcionavam e que não suportam os aparelhos de ar condicionado do hospital. Além disso, foi constatado também que muitos equipamentos não estão podendo ser ligados. Os atendimentos estão suspensos e as cirurgias foram canceladas também.

“À medida que o Ministério Público vai adotar de imediato hoje ainda é expedir uma recomendação para a Secretaria de Saúde do Município para que o problema seja solucionado dentro de 48 horas e o Frotinha de Messejana volte, normalize os atendimentos, as cirurgias dentro do prazo de 48 horas. E caso não seja cumprida vamos tomar as medidas cabíveis , inclusive com medida judicial para obter esse intento”, disse a promotora.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário