Eleições 2018: Candidatura de Centro ainda é ‘avenida aberta’

0

A incerteza em relação às eleições presidenciais levou a uma série de lançamentos de candidatos nos últimos meses em busca de um espaço pelo centro, fugindo da polarização entre o ex-presidente Lula (PT) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC).

Mas a indefinição persiste, já que, na maioria dos cenários, todos patinam na casa de um dígito nas pesquisas de opinião. O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), rodou diversos estados, e o apresentador Luciano Huck entabulou conversas com movimentos e partidos, mas acabaram se colocando fora da disputa.

Nas últimas semanas, foi a vez de o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), entrar em campo, duelando publicamente com outro contendor, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD). Apesar da profusão de nomes, boa parte dos analistas do mercado acredita que a tendência é que o espaço da centro-direita seja mais uma vez ocupado por um nome do PSDB, mais especificamente o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Com informação do Jornal O Globo

Compartilhe

Deixe um comentário