Liberal e sem usar fundo partidário, partido NOVO faz História na eleição

0

O NOVO fez oito deputados federais, 12 deputados estaduais e, o maior feito, colocou o empresário Romeu Zema no segundo turno de Minas


Por Fábio Campos

Em sua primeira eleição, o partido NOVO conseguiu eleger 8 deputados federais, 12 deputados estaduais e, o maior feito, colocou o empresário Romeu Zema no segundo turno da eleição de Minas Gerais com a liderança folgada no primeiro turno. É um feito para um partido de linha programática liberal, que faz uma espécie de vestibular para escolher seus candidatos e que se recusa a receber o fundo partidário por se tratar de recursos públicos.

João Amoêdo, candidato a presidente pelo NOVO, obteve quase 3% dos votos, ficou em 5º lugar, superando medalhões como Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede). “O Novo está apenas começando. Existimos só há três anos e já tivemos esse desempenho, imagine o que não vai dar para fazer agora com uma bancada de 8 deputados? Que vão para lá para tirar privilégio, tirar benefício, e começar a fazer um Estado diferente, um Estado que vai nos representar, ser menos intervencionista, dar mais liberdade para as pessoas, possibilitar que possamos empreender”, disse Amoêdo em transmissão pelas redes sociais do partido.

Focus.jor

Compartilhe

Deixe um comentário