PT pede direito de resposta contra propaganda do “bota mascará, tira mascará”

0

Segundo os advogados, “o candidato Jair Bolsonaro atingiu de forma injuriosa e difamatória o candidato Fernando Haddad ao proferir afirmações sabidamente inverídicas no que diz respeito às crenças religiosas do candidato representante”.

Equipe Focus

O candidato Fernando Haddad (PT) entrou com Representação com Pedido de Direito de Resposta contra a propaganda exibida pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) que se intitula “Bota mascará, tira mascará”. Segundo os advogados de Haddad, “o candidato Jair Bolsonaro atingiu de forma injuriosa e difamatória o candidato Fernando Haddad ao proferir afirmações sabidamente inverídicas no que diz respeito às crenças religiosas do candidato representante”. A reclamação é com relação ao trecho: “Era ateu, e vai na missa”. Por conta disso, requerem que seja dado direito de resposta, “em tempo igual ao das ofensas que lhe deram causa, porém nunca inferior a 1 (um) minuto”.

Focus.jor

Compartilhe

Deixe um comentário