TJCE não dá aval para retorno de Flanky Chaves à Prefeitura de Pacajus

0

O desembargador Paulo Airton Albuquerque Filho, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), não deu aval para o retorno do prefeito afastado de Pacajus, Flanky Chaves (PP), voltar à Prefeitura. Em sua análise do recurso impetrado pelo gestor, Airton afirmou que irá ouvir o Ministério Público do Ceará (MPCE), autor do pedido de afastamento contra Flanky, para emitir sua decisão.

A medida é mais uma derrota para o ex-prefeito Zé Wilson Chaves, que, desde o afastamento do filho, espalha bravatas por Pacajus de que irá reconduzir Flanky ao cargo. Na última, Zé Wilson afirmou contar com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), para derrubar o afastamento.

É de família

O presidente da Câmara Municipal de Pacajus, Júnior Chaves (PP), irmão de Flanky Chaves, chegou a afirmar em entrevista a rádio que tinha, em mãos, um relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) afirmando não ter encontrado nenhuma irregularidade na gestão de Flanky. Segundo o vereador, o relatório seria referente a uma visita ocorrida no dia 26 de setembro. No entanto o próprio TCE negou ter emitido o relatório e afirmou sequer ter fiscalizado o município em setembro.

Os afastados

Flanky Chaves e seu pai, o ex-prefeito Zé Wilson Chaves, e mais 14 pessoas foram afastados, no último dia 14, por improbidade administrativa em decisão da juíza Ricci Lobo de Figueiredo Filgueira, da 1ª Vara da Comarca do município.

Ceará News

Compartilhe

Deixe um comentário