Um Brasil sem Melodia

0

O cantor carioca Luiz Melodia morreu nesta sexta-feira, aos 66 anos, em decorrência de um câncer de medula óssea, no Rio de Janeiro. Um dos maiores compositores brasileiros, Melodia é autor de sucessos da Música Popular Brasileira como Pérola Negra e Estácio, Holly Estácio, essa última uma homenagem ao local onde nasceu, o bairro do Estácio.

Luiz Melodia se definia como um compositor “da perifa do Rio”. “Eu sou um compositor de tudo, mas [antes de tudo]sou um negro”, disse, certa vez, na casa do cantor Zeca Pagodinho, por quem tinha muita admiração. “Quando um compositor do porte do Zeca dá esta oportunidade é emocionante”, afirmou, sobre o sambista interpretar suas músicas. “A invisibilidade [do compositor]não importa”.

Com mais de 40 anos de carreira, o felino negro tinha um estilo único, que mesclava suingue com MPB. Estourou quando a cantora Gal Costa interpretou Pérola Negra, em 1971. Dois anos mais tarde, Melodia lançava seu primeiro álbum, que ganhou o mesmo nome da canção: Pérola Negra (1973).

Filho do sambista e funcionário público Oswaldo Melodia, de quem herdou o nome artístico, Luiz Carlos do Santos lançou 16 álbuns ao longo da carreira. Seu pai, a quem Luiz Melodia se referia como “um compositor genial”, queria que ele fosse “doutor”. Mas o filho seguiu os passos artísticos do pai. Além dos álbuns, participou de novelas e minisséries e realizou turnês pela Europa. Em 2015, ganhou o Prêmio Música Popular Brasileira, na categoria Melhor Cantor. A morte de Luiz Melodia foi lamentada por grandes nomes da música brasileira, como o cantor Gilberto Gil, que em seu Twitter publicou uma foto com o compositor.

Após o diagnóstico do miolema múltiplo, nome técnico deste tipo raro de câncer no sangue, Melodia iniciou o tratamento com quimioterapia em abril deste ano. Em maio, porém, fora submetido a um transplante de medula óssea, pois não estava respondendo bem ao tratamento com quimioterapia. A cirurgia fora bem-sucedida, mas a doença não regrediu.

Enquanto esteve internado, sua casa na zona sul do Rio fora invadida por bandidos que levaram alguns pertences do cantor, incluindo o computador onde estava guardado todo seu acervo histórico, como a biografia em inglês, releases de lançamento de Pérola Negra, além de toda a discografia.

Luiz Melodia era casado com a compositora, cantora e produtora Jane Reis e era pai do rapper Mahal Reis.

Colaborou María Martin.

EL PAÍS

Compartilhe

Deixe um comentário