Ouvir Rádio: Rádio Senado / Universitária FM 107.9 Fale Conosco

Veneza, o improvável tornado possível

0

Veneza é um prodígio de engenhosidade!

20160719_114011

Ao fundo, Piazza San Marco

Formada originalmente por várias ilhas, Veneza enriqueceu como entreposto comercial e financeiro sob a proteção do Império Romano do Oriente, sediado em Bizâncio (por isso as características mouriscas de suas edificações). Com a riqueza adquirida, a cidade chegou a ter 150 mil moradores e se tornou a terceira em população da Europa. Mas como alojar toda essa gente, se as ilhas estavam lotadas?

Aumentando o território!

Foi aí que os habitantes criaram uma maneira de construir sobre a água. Fincaram pilares de madeira no fundo argiloso do mar, fizeram aterros usando o próprio sedimento do fundo dos canais e cobriram tudo com grandes placas de pedra. Para estabelecer os limites dos novos terrenos conquistados ao mar, cercaram tudo com tijolos e deixaram canais para fazer as vezes de ruas. Isso são as chamadas Fondamenta, partes acrescentadas à cidade.

 

Hoje, esta maravilha está ameaçada pela própria natureza que desafiou. O mar está cada vez mais alto, consequência do efeito estufa e do derretimento das calotas polares. A própriafondamenta assentou por causa do peso. Por isso, as marés altas são impressionantes em Veneza, e a água toma conta até da piazza San Marco, a principal da cidade.

Nikon Pedro 1272

Detalhe da Basilica San Marco

Um mundo de turistas

20160719_115517

Ponte dos Suspiros

Por ser uma cidade tão diferente, única no mundo, o afluxo de turistas é intenso. Não dá pra encontrar um cantinho de Veneza que não esteja ocupado por milhares de pessoas em constante admiração. As câmeras registram cada ângulo. É preciso ter paciência para aguardar uma oportunidade de fotografar os lugares mais disputados, como a ponte dos Suspiros, que você vê abaixo:

Nikon Pedro 1260

Caminhos sempre diferentes

No entanto, cada visita vale a pena. Já fui a Veneza em todas as estações do ano, e em cada uma a magia é diferente. E, pelas características das ruas e canais, só é possível andar em Veneza de barco ou a pé. É impossível repetir os caminhos das visitas anteriores.

Nikon Pedro 1238

Cassino de Veneza

 

Nikon Pedro 1253

Gôndolas e Piazza San Marco

 

20160719_112331

Os ônibus são barcos

 

Nikon Pedro 1265

O leão, símbolo de Veneza

 

20160719_142819

Peixes e massas deliciosos

Em meio a tantas lojinhas, uma me chamou a atenção. Esta não parece feita especialmente para o blog?

dscn2053

(fotos Pedro e Clarissa Vilhena Pinheiro)

por Carla Vilhena
Compartilhe

Deixe um comentário