Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Veja como será a reabertura de países na Europa

0

5 imagens sobre reabertura gradual na Europa

Países europeus que conseguiram diminuir o ritmo de novos casos do novo coronavírus começaram a relaxar o confinamento social e restabelecer as atividades. Mas a reabertura será feita gradualmente e com certas regras. Veja abaixo o que alguns países europeus estão adotando nessa fase pós-quarentena.

Itália

A partir desta quarta-feira (3) será iniciada a nova fase de reabertura da Itália. Entre as medidas serão permitidas viagens livremente para os países membros da União Europeia, Reino Unido, entre outros.

As pessoas que entrarem ou retornarem à Itália desses países não estarão sujeitos a vigilância sanitária e isolamento por 14 dias.

Guia conduz visita no Coliseu, em Roma, que foi reaberto nesta segunda-feira (1º) — Foto: Filippo Monteforte / AFP

Guia conduz visita no Coliseu, em Roma, que foi reaberto nesta segunda-feira (1º) — Foto: Filippo Monteforte / AFP

Parques e jardins públicos também serão reabertos para visitação, com a condição de distanciamento entre pessoas. O transporte público voltará a funcionar com o uso de máscaras de proteção obrigatórios e todos os passageiros deverão manter o distanciamento de pelo menos 1 metro. Depois de quase três meses de fechamento devido à pandemia de Covid-19, o Coliseu de Roma, o local turístico mais visitado da Itália, reabriu ao público nesta segunda-feira.

A partir de 15 de junho serão permitidos shows, cinemas e outros espaços abertos ao público. Os espetáculos serão realizados com assentos marcados e espaçados com distanciamento de 1 metro de pessoa por pessoa e com limite de 1.000 espectadores para eventos ao ar livre e 200 pessoas para shows em locais fechados.

No caso de museus e locais culturais devem orientar os visitantes a respeitar o distanciamento de pelo menos um metro. Nesses casos, a organização e administração do local deve providenciar medidas de prevenção e proteção do público e dos trabalhadores.

O governo ainda não alterou a data para a reabertura de escolas, que está prevista para setembro.

França

A França segmentou o país em duas áreas: verdes e vermelhas. Os locais verdes são os que diminuíram o risco de contaminação e algumas atividades já podem ser retomadas normalmente. Áreas vermelhas são locais onde ainda existe risco de contaminação e que devem permanecer com restrições.

Com restrições, França reabrirá em 2 de junho cafés, bares e restaurantes — Foto: AP Photo/Christophe Ena

Com restrições, França reabrirá em 2 de junho cafés, bares e restaurantes — Foto: AP Photo/Christophe Ena

A população não pode fazer viagens para o exterior, somente se for apresentado um certificado comprovando a razão familiar ou profissional como motivo da viagem.

As viagens serão permitidas dentro do continente europeu após o dia 15 de junho, dependendo da situação em cada país estrangeiro.

A partir desta terça (2) as escolas passam a ser abertas gradualmente.

Cafés, bares e restaurantes reabrem a partir da terça. O uso de máscaras pode ser obrigatório de acordo com as regras de cada comércio.

No caso de shoppings, a recomendação do governo sobre o uso de máscaras se aplica em locais onde não é possível cumprir as medidas de distanciamento.

Nas áreas vermelhas o funcionamento de locais comerciais como só será permitido se os clientes ficarem ao ar livre ou em um espaço aberto. Cinemas permanecerão fechados até 22 de junho.

Reino Unido

Os britânicos estão flexibilizando as regras de isolamento social e, nesta segunda-feira (1º), as escolas do ensino básico começam a retomar as atividades. A princípio, as aulas são direcionadas apenas para as crianças de 4 a 6 anos e de 10 a 11 anos, uma tentativa de ajudar os pais que precisam voltar ao trabalho.

Portugal

A partir desta segunda-feira (1º) está liberado o funcionamento de lojas com o uso obrigatório de máscaras. Lojas e restaurantes em centros comerciais poderão receber clientes conforme a demanda, mas devem manter o distanciamento de 1 metro de pessoa para pessoa.

Pré-escolas também poderão funcionar a partir desta segunda (1º).

Os clubes esportivos também retomam as atividades, com novas normas de saúde, e o teletrabalho deixa de ser obrigatório.

Espanha

Banhistas tomam sol respeitando o distanciamento social na praia de La Concha, em San Sebastian, na Espanha, no sábado (30) — Foto: Vincent West/Reuters

Banhistas tomam sol respeitando o distanciamento social na praia de La Concha, em San Sebastian, na Espanha, no sábado (30) — Foto: Vincent West/Reuters

A partir desta segunda-feira (1º) cerca de 70% da população da Espanha entra na segunda fase de redução do confinamento social. O comércio local e shoppings serão reabertos com limitação de 40% do público. Restaurantes funcionarão com limitação de mesas para clientes.

Cinemas, teatros e auditórios também poderão funcionar com um terço da sua capacidade. Os shows devem receber menos de 50 pessoas em ambientes fechados e menos de 400 ao ar livre.

Museu Guggenheim de Bilbao, uma das estruturas arquitetônicas mais reconhecidas da Espanha, reabriu sob condições: visitantes precisam usar máscaras, e a capacidade de visitantes foi reduzida pela metade.

G1

Compartilhe

Deixe um comentário