Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Cearense de 104 anos faz questão de votar mesmo sem obrigatoriedade há mais de 30 anos

0


Eleitores centenários: idoso de 104 anos continua votando em Cariré

Eleitores centenários: idoso de 104 anos continua votando em Cariré

“Estou preparado, sou o primeiro que chega na sessão. O voto se conquista tratando bem as pessoas, ajudando as pessoas carentes”, disse Aderbal Aguiar.

O voto é obrigatório para maiores de 18 anos e facultativo para analfabetos, pessoas com idade entre 16 e 18 anos e maiores de 70 anos, como é o caso de Aderbal.

Aderbal Portela Aguiar, de 104 anos, é morador de Cariré, no interior do Ceará, e faz questão de votar em todas as eleições — Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

Aderbal Portela Aguiar, de 104 anos, é morador de Cariré, no interior do Ceará, e faz questão de votar em todas as eleições — Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

O envolvimento do idoso com a política vem de longas datas, pois Aderbal já foi prefeito de Cariré. Assim como nos pleitos anteriores, ele já se preparou para a votação, estudando o perfil dos candidatos.

“O principal, o mais importante da vida, é educação e saúde. Bem patrimonial é importante, porque a cidade tem calçamento, asfalto. Agora a educação era para ser bem remunerada”, afirmou o homem com a convicção de quem já tem seus escolhidos para votar consciente.

A tradição que iniciou com o patriarca foi passada para os 20 filhos, netos, bisnetos e tataranetos. Entre as filhas que segue o exemplo do pai está Letícia Aguiar, que também está na faixa etária que não é mais obrigada a votar, mas faz questão de exercer a cidadania.

“Já completei a idade, não tenho obrigação mais de votar, mas eu vou votar e estou seguindo a tradição do meu pai”, falou Letícia Aguiar.

Assim como a irmã, Maria Rosário Aguiar também reconhece a importância das eleições.

“Além da tradição que nós temos, parece, assim, como uma obrigação não só dele. Eu voto para um país melhor”, disse Maria Rosário, filha de Aderbal.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário