Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

8 mil servidores da Secretaria da Saúde do Ceará terão salários reajustados

0

Os cerca de 8 mil servidores da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) de todos os níveis deverão ter os salários reajustados. A medida, que terá validade retroativa, consta no Plano de Ascensão Funcional elaborado pela Sesa e pela Secretaria do Planejamento do Ceará (Seplag), concluído nesta segunda-feira (20).

De acordo o secretário Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, o plano de ascensão funcional deverá ser anunciado em breve pelo governador Camilo Santana (PT), quando do retorno do período de férias. A expectativa do secretário é de que as medidas possam começar a ser implantadas ainda no mês de fevereiro. A previsão é de que todos os servidores sejam atendidos até 2022. ​

“Uma parte da proposta [de ascensão funcional]vai ter que ser encaminhada para a Assembleia [Legislativa do Ceará]. A outra parte se refere às ascensões que já estão feitas, de alguns cargos. Essas já podem ser executadas”, explica.

Por se tratar de reajuste de salário, que envolve o orçamento do Estado, o plano não pode ser implementado por completo imediatamente, uma vez que precisa do aval da Assembleia Legislativa. O governador deverá encaminhar o projeto ao Legislativo nos primeiros dias de fevereiro, quando termina o recesso parlamentar. A expectativa é de que os deputados votem o projeto em regime de urgência.

O processo de implantação, portanto, vai ser escalonado. “Vai ser feita a ascensão de 2019 para 2020, por ser o atual período. Depois, nós vamos corrigir os anos anteriores a partir de 2011. Esse processo de correção é que deve ser concluído até 2022. Nesse ano, a gente já quer fazer a de 2019 para 2020. São ascensões funcionais que vão ser feitas de forma progressiva, até 2022”, acrescenta o secretário de Saúde. ​

Dr. Cabeto afirma, ainda, que a proposta pretende corrigir os salários dos servidores da Secretaria de Saúde. “A correção é salarial, não de cargo. É como se fosse uma escala do plano de carreira. Faz parte do processo de valorização do trabalho”. Com isso, todos os servidores da Secretaria de Saúde vão contar com um Plano de Cargos e Carreiras, o que vai garantir a correção salarial nos anos seguintes. ​

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário