Ouvir Rádio: Rádio Senado / Universitária FM 107.9 Fale Conosco

DAIANE DOS SANTOS SOBRE NOVAS MEDIDAS: “MEU CORPO É DE UMA MULHER NORMAL”

0

Daiane dos Santos (Foto: Reprodução/ Instagram)

Daiane dos Santos foi uma das atletas que ajudou a popularizar a ginástica olímpica no Brasil, sendo a primeira ginasta brasileira a conquistar uma medalha de ouro, em um campeonato mundial. Aposentada desde o término das Olimpíadas de 2012, em Londres, a gaúcha leva uma vida mais discreta atualmente aos 36 anos, mas não menos agitada, pelo menos é o que ela garante em um bate-papo com QUEM sobre a carreira e a vida pessoal.

Daiane dos Santos (Foto: Daniel Pinheiro/AgNews)

“Hoje, eu tenho a vida mais movimentada do que quando eu era atleta. Porém, ela está completamente diferente. Eu levo a minha história no esporte como paixão para outras pessoas, aconselhando outros atletas. Mas também posso aproveitar mais os eventos. Quando eu era atleta, tinha uma rotina muito disciplinada, regrada e mais fechada. Hoje, eu consigo curtir mais”, compara Daiane, que fez parte da sétima edição do Super Chef Celebridades, do Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, em 2018.

LEIA MAIS: Kelly Key posta fotos de maiô: ‘Me sentindo a Daiane dos Santos’

Daiane dos Santos com o elenco do Super Chef Celebridades (Foto: Reprodução/ Instagram)

Com medidas diferentes das que tinha quando atuava no esporte, a ex-atleta afirma não se incomodar com as críticas em relação ao seu corpo. “Eu acho que tinha essa questão muito no começo, quando teve essa transição. Hoje, as pessoas já compreenderam que o meu corpo é de uma mulher normal. Não tem como eu ter um corpo de uma menina que treina nove horas por dia, sem ter esse treinamento, de segunda a sábado. Hoje, eu me exercito como uma pessoa comum. Eu treino, malho e pedalo, mas em média duas horas só. Acho que o mais importante é a gente se sentir bem com nós mesmos. Temos que entender que se quiser ficar mais gordinha ou mais magrinha, pode. O que importa é estar saudável, tanto fisicamente e emocionalmente”, acredita.

LEIA MAIS: Famosos vão ao Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019 no Rio

Daiane falou também sobre a presença de atletas negros no no esporte. “Acho que de alguns anos para cá, tem aumentado a quantidade de pessoas negras em diversos esportes, que antes a gente nao tinha, como tênis, automobilismo, da mesma forma na ginástica também. É muito bacana poder estar entre esses atletas que inspiram e representam tantas pessoas. Agora eu já me aposentei, mas eu fiquei 18 anos como atleta. Comecei em 1992.”

LEIA MAIS: Ajoelhado, William Bonner reverencia Daiane dos Santos: “Rainha”

Daiane dos Santos e Fernando Scherer (Foto: Léo Franco/AgNews)

Segundo a ex-atleta, o racismo é muito presente e no Brasil mais do que em outros lugares do mundo. “A gente sofre um preconceito ainda muito forte no Brasil e, muitas vezes, ele é cruel. Muito difícil você falar com uma pessoa negra no país que não tenha sofrido algum tipo de racismo. Eu que viajei muito, acho que no resto do mundo tem menos do que aqui, por incrível que pareça. Eu acho que a gente tem um preconceito muito velado. Do tipo: ‘eu não sou preconceituoso, mas eu não quero ficar muito perto’. Às vezes, até na forma de brincar de uma criança com a outra. Tem cenas que acontecem sempre. Na escola, com a questão do cabelo. Mas ainda bem que isso vem mudando. A criança tem que estar preparada, porque infelizmente ele (o racismo) acontece muito cedo.”

LEIA MAIS: Com cabelão, Daiane dos Santos prestigia ensaio pré-Carnaval

Transição capilar
“Já alisei o meu cabelo. Eu tive cabelo crespo durante muito tempo, depois eu usei ele liso e hoje ter cabelo crespo está na moda. Quem não tem, quer ter. Eu acho que é muito legal a gente ter o cabelo que a gente quiser. Não é o cabelo que faz a gente, mas sim o jeito que a gente se porta. A gente tem que saber o que a gente é. Não adianta eu ter um cabelo crespo bem volumoso se quando eu for me identificar, eu não me identifico como uma pessoa negra. Acho importante a simbologia do cabelo crespo para você mostrar para uma criança que é lindo ter o cabelo igual ao dela. Ela pode ter o cabelo liso se quiser também, mas o dela é tão bonito quanto.”

LEIA MAIS: Fernando Scherer e Daiane dos Santos conferem ensaio do Cirque du Soleil

Daiane dos Santos trabalha com crianças atualmente (Foto: Reprodução/ Instagram)

Projeto social Brasileirinhos
“Eu trabalho no meu projeto social Brasileirinhos, que atende 170 crianças no núcleo de Paraisópolis, uma comunidade em São Paulo. A ideia do projeto é transformar o esporte em ferramento motivacional. Não temos a intenção de fazer essas crianças serem atletas, mas sim oportunizar uma educação diferente e mostrar que o esporte é cultura, lazer e ele amplia este pensamento em lugares em que ele não é instalado.”

LEIA MAIS: Confira o elenco da sétima edição do “Super Chef Celebridades”

Desejo de ter filhos
“Eu penso em ter filhos, sim. Eu trabalho com criança e jovens. Não tem como não pensar em ter os meus. Eu tenho oito sobrinhos. Eu curto muito. Eu adoro criança. Mas estou esperando um papai certo aparecer para fazer esse bebezinho. (risos) Estou solteira. Já pensei na possibilidade de adotar também. Estou aberta. Acho que existe muitas crianças no Brasil que precisam de amor e carinho. É louvável essa atitude de ter um filho do coração.”

Daiane dos Santos (Foto: Manuela Scarpa/Brazil News)
QUEM
Compartilhe

Deixe um comentário