Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

‘A vida tem que seguir’, diz homem que teve casa arrastada por enchente em Raul Soares

0
Casa de 2 andares é levada por enchente na cidade de Raul Soares, em MG

Casa de 2 andares é levada por enchente na cidade de Raul Soares, em MG

O auxiliar de escritório Thiago dos Santos Costa, de 31 anos, viu a casa onde ele morava havia cinco anos ser levada pela correnteza do Rio Matipó, em Raul Soares, na Região da Zona da Mata, em Minas Gerais.

As chuvas fortes que têm caído no estado causaram deslizamentos e desabamentos no estado – mais de 40 mortes foram confirmadas.

Costa contou ao G1 nesta segunda-feira (27) que o desabamento ocorreu às 8h07 deste domingo (26) e que ele, a mulher, o filho e os sogros precisaram ir para a casa do cunhado. “A vida tem que seguir”, afirmou.

Falou ainda que ele e a família estiveram na casa no domingo pela manhã e deixaram a residência às 7h57 – dez minutos antes de ela ruir.

Costa contou que o sogro vivia há mais de 40 anos em um dos andares do imóvel – em outro pavimento, moravam o próprio auxiliar de escritório e a família.

“Na sexta passou um carro da Defesa Civil avisando sobre as fortes chuvas. A gente até subiu com os móveis da casa de baixo para a casa de cima”, relembrou.

Segundo ele, no sábado (25) a água subiu muito e chegou até a se sobrepor a uma ponte.

Outra residência do outro lado do Rio Matipó também desabou. O auxiliar de escritório informou que casas, comércios, um lava-jato e a Igreja Assembleia de Deus ficaram alagados.

“A água já tinha invadido antes [a minha casa], mas não como foi desta vez”, disse.

Costa contou que roupas, geladeira, fogão, mesa, TV e guarda-roupas foram levados pela correnteza do rio. Uma vaquinha virtual foi criada para ajudar a família.

Raul Soares é uma das cidades afetadas pelas chuvas dos últimos dias que atingiram Minas Gerais.

Casa desaba em Raul Soares, na Zona da Mata — Foto: Redes SociaisCasa desaba em Raul Soares, na Zona da Mata — Foto: Redes Sociais

Casa desaba em Raul Soares, na Zona da Mata — Foto: Redes Sociais

Cidades em situação de emergência

O número de mortes provocadas pelas chuvas em Minas subiu para 47, informou a Defesa Civil Estadual nesta segunda. O levantamento listou ainda quatro pessoas desaparecidas. Há 14.609 desalojados e 3.386 desabrigados no estado.

O número de cidades em situação de emergência chegou a 101. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Governo de Minas Gerais nesta manhã.

A medida vale por 180 dias e possibilita ações mais céleres para a recuperação dos estragos e auxílio à população. Todos os órgãos estaduais estão autorizados a atuar nos trabalhos sob coordenação da Defesa Civil de MG.

Acumulado de chuvas de MG em Janeiro — Foto: Arte G1Acumulado de chuvas de MG em Janeiro — Foto: Arte G1

Acumulado de chuvas de MG em Janeiro — Foto: Arte G1

Compartilhe

Deixe um comentário