Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Alerj e Câmara Municipal do RJ terão apenas sessões presenciais a partir de maio

0

Na capital fluminense, a questão da Covid-19 já não é mais encarada como pandemia, mas como endemia

Imagem da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro terá apenas sessões presenciais a partir de maio de 2022. Desde que a Covid-19 perdeu força, muitos deputados estaduais já têm participado em loco do trabalhos na Casa. O modelo presencial já valia para quase tudo. O fim do modelo híbrido vai valer também para as sessões das comissões da Alerj e para audiências públicas. Somente alguns casos especiais poderão continuar funcionando no formato semipresencial. A Câmara Municipal do Rio também vai retornar ao normal no próximo mês. Porém, ficou acertado que vereadores com comorbidade ou com mais de 60 anos de idade podem participar dos trabalhos de maneira remota. A cidade do Rio de Janeiro já pôs fim no status de pandemia da Covid-19. No município, a questão é tratada como endemia. Ainda assim, o passaporte da vacina é obrigatório no Rio e só vai deixar de ser quando 70% da população adulta já tiver recebido a dose de reforço da vacina contra o novo coronavírus. Atualmente, pouco mais de 62% da população adulta já recebeu a terceira dose.

JOVEM PAN

Compartilhe

Deixe um comentário