Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

ALLY BROOKE FALA SOBRE CARREIRA SOLO: “LIBERTADOR”

0

Os poucos dias que Ally Brooke passou no Brasil em maio de 2019 não foram seus primeiros no país, mas com certeza foram os mais especiais. Depois de quatro visitas como integrante do grupo Fifth Harmony, a cantora de 25 anos desembarcou em São Paulo pela primeira vez sozinha, e mais livre do que nunca.

Em uma sala do hotel em que ficou hospedada durante três dias, Ally recebeu a QUEMpara um bate-papo descontraído sobre sua nova aventura como artista solo, tendo total controle sobre sua carreira, e como é estar vivendo experiências que não são exatamente novas, mas que ela sente como se fossem.

“Estando em um grupo você tem que fazer coisas juntas, é um jeito diferente de lidar com as coisas. Mas agora sou eu sozinha com a minha música, meu som, minha arte”, começou Ally, comentando um pouco sobre as maiores diferenças entre trabalhar com o Fifth Harmony e como solista.

Seu primeiro single, Low Key, uma parceria com o rapper Tyga, foi lançado em janeiro e serviu como forma de mostrar para o público que tipo de direção Ally quer seguir com sua música. Agora trabalhando em seu primeiro álbum – que ela contou ter previsão de ser lançado durante o outono norte-americano (nossa primavera) – a cantora também tem aproveitado muito sua liberdade criativa.

“Tem sido tão libertador poder criar a música que quero criar, os sons, as letras, estar livre”, conta pontuando obrigações do passado como “ter que esperar sua vez de gravar” ou “garantir que todos gostem da música”.

“É totalmente o que a Ally quer e o que eu sonhei. É um sentimento lindo e tem sido incrível criar a música que está no meu coração”, garantiu.

Ally Brooke e Tyga (Foto: Divulgação/Warner Music)

Música brasileira
Durante a conversa, o assunto se tornou música e cantores brasileiros. Ally contou gostar de nomes como Anitta e Pabllo Vittar, mas se mostrou muito animada para conhecer novos artistas e ouvir novos ritmos, principalmente o sertanejo, quando ficou sabendo que ele poderia se equiparar ao country norte-americano, gênero do qual ela contou ser muito fã.

“Eu estou animada para explorar isso porque sempre me perguntam que artistas eu conheço e fico tipo ‘Anitta e Pabllo’, mas quero saber o que mais existe por aí”, brincou sobre o assunto, pedindo para que sua equipe a mostrasse algumas músicas mais tarde.

Assista a entrevista completa:

Ally Brooke (Foto: Divulgação/Warner Music)

Ally Brooke (Foto: Ed. Globo)

Ally Brooke (Foto: Ed. Globo)
QUEM
Compartilhe

Deixe um comentário