Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Bolsonaro exonera Alexandre Ramagem do comando da Abin

0

Diário Oficial traz a exoneração do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência, mas não indica substituto

O presidente Jair Bolsonaro (PL) exonerou Alexandre Ramagem do cargo de diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). O documento publicado no DOU (Diário Oficial da União) desta quinta-feira (31) esclarece que a exoneração do delegado de carreira da PF (Polícia Federal) foi a pedido, e não indica um substituto para o posto.

Ramagem foi o coordenador da segurança de Jair Bolsonaro nas eleições de 2018 logo após o então candidato à Presidência ser vítima de um atentado a faca, em Juiz de Fora (MG). Quase um ano depois, em julho de 2019, o delegado assumiu a direção da agência, que é subordinada ao GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência da República.

Outras exonerações

Também nesta quinta, o presidente Jair Bolsonaro oficializou a saída de nove ministros, que deixam o cargo com vistas às eleições de outubro deste ano. Pelas regras do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), os ministros devem renunciar ao posto até 2 de abril para disputar cargos eletivos.

ARTE / R7

As eleições estão marcadas para o dia 2 de outubro – data em que os brasileiros vão eleger presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais (exceto no DF, onde serão eleitos deputados distritais). Eventual segundo turno será realizado no dia 30 do mesmo mês.

R7

Compartilhe

Deixe um comentário