Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Câmara realiza homenagem ao Dia do Jornalista

0

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, nesta quinta-feira (27), Sessão Solene no auditório Ademar Arruda, em comemoração ao Dia do Jornalista que transcorreu no dia 7 deste mês. A homenagem foi proposta pelo vereador Evaldo Costa (PRB) e aprovada com unanimidade pelo Legislativo.

A sessão foi presidida pelo vereador Evaldo Costa, no ato representando o vereador Salmito Filho (PDT), presidente da CMFor. A Mesa dos trabalhos foi composta pelo secretário de Esportes de Fortaleza, Ricardo Sousa, que representou o prefeito Roberto Cláudio; pela Procuradora de Justiça, Vanja Fontenele; pelo diretor da Associação Cearense de Imprensa (ACI), Marcos Saraiva; e representando a TV Cidade, o jornalista Beto Almeida.

Em sua saudação aos presentes, o vereador Evaldo Costa disse ser um orgulho homenagear colegas que estão no dia a dia levando a notícia para a população, cada um com suas características e meios de comunicação. Destacou que para marcar a data, cinco profissionais foram escolhidos para receber uma homenagem em nome da categoria. “Estamos aqui no Poder Legislativo, o mais democrático e devassado entre os constituídos no País. Deve-se ao jornalista a importante missão de levar à população as informações. O jornalista não se conforma com a injustiça; não aceita o que não é certo”, disse.

“Ser jornalista é uma dádiva, é um estado de espírito. Aqui fazemos nossa homenagem e esperamos ter sempre uma imprensa livre e voltada para trazer à tona a verdade dos fatos. Os cinco homenageados da noite bem representam a classe. Esse nosso requerimento também foi subscrito pela vereadora Eliana Gomes (PCdoB), mas por motivo de força maior ela não pôde estar presente aqui”, concluiu.

Em seguida, o vereador Evaldo Lima, com os membros da mesa, fez a entrega de placas comemorativas ao Dia do Jornalista para cinco personalidades: jornalista Messias Pontes (in memoriam), representado por seu filho o radialista e historiador Carlos Pontes; jornalista Cid Carvalho; radialista Antônio Viana; jornalista Eugênia Nogueira e o jornalista e professor Ronaldo Salgado.

Em nome dos homenageados falou o jornalista e ex-senador Cid Carvalho. Ele disse ser um momento de grande satisfação o fato dos vereadores decidirem apoiar de forma unanime a homenagem aos jornalistas. “Essa homenagem é legítima, pois vem do povo que é quem elege os parlamentares. O eleito tem uma aura uma benção de Deus”, disse.

Cid falou da situação atual do país e destacou que estão retrocedendo nos avanços conquistados pela Constituição de 1988 para os trabalhadores. “Hoje sou um homem indignado pelo o que está acontecendo no Brasil. Pelo povo enganado, pelos sentimentos despertados. Nós como jornalistas, temos que estar vigilantes. Não podemos deixar que o Brasil enverede por um caminho de perda de liberdade. Eu como constituinte escrevi a estabilidade do servidor, uma coisa linda, uma pérola. A Constituição da voz, da manifestação, do conhecimento humano. Não podemos deixar que essas conquistas sejam enterradas”, pontuou.

Em nome dos homenageados agradeceu a deferência, e disse que um deles o toca de maneira mais forte, que é o jornalista Messias Pontes, morto em 2013. “Preciso dizer que estar lado a lado de Messias é algo muito honroso para nós todos. Ele nos faz lembrar grandes homens que conheci, como Américo Barreira, Aníbal Benevides, Jáder de Carvalho, meu pai. Sua doçura valente mostra o valor de um bom Pontes Neto. Ele, na sua doutrina comunista e eu na espírita. A ele nossa homenagem. E finalizando minhas palavras dito em brado alto, “E viva o Brasil, minha gente”, finalizou.

cnews

Compartilhe

Deixe um comentário