Camilo abre o jogo, diz que Lula não será candidato e defende apoio do PT a Ciro

0

“Nós vamos estender isso (candidatura Lula) até quando? Vamos prorrogar até quando? A partir do momento que isso acontecer, acaba o PT”, disse.

Por Fábio Campos
fabiocampos@focus.jor.br

Como previsto em informação divulgada pelo Focus, o pragmatismo dos governadores petistas tende a imperar na agenda eleitoral. Mais ainda se depender de Camilo Santana, o governador petista politicamente devotado a Ciro Gomes. Tanto que Camilo já assume a tese de que Lula não será candidato, que o PT deve compor aliança com o PDT e que Fernando Haddad (PT) deve ser o vice de Ciro Gomes.

Vejam o que o governador disse ao Estadão: “O desejo, a vontade nossa, e da grande maioria do povo brasileiro, é o Lula presidente. Desejar é uma coisa, a realidade é outra. A realidade, e estou convicto disso, é que não acredito que vão deixar o Lula ser candidato. E nós vamos estender isso até quando? Vamos prorrogar isso até quando? A partir do momento que isso acontecer, acaba o PT, talvez, ficando isolado. Essa é minha preocupação”.

Mais: “Há quase dois anos defendia que Haddad fosse vice do Ciro ou vice-versa. Só acho que Ciro é uma pessoa preparada, que defende princípios e políticas de esquerda desse País. É inteligente, pensa o País e se credenciou para se colocar como uma das opções (…). Não sendo Lula, defendo que o nome seja o do Ciro e que o PT indique o vice já no primeiro turno, para que a gente possa construir e ter tempo para pavimentar, para consolidar uma candidatura forte nessas eleições de 2018”.

Quando perguntado se apoiará Ciro independentemente da decisão do PT, Camilo disse o seguinte:

“Estamos aguardando esse diálogo. O próprio partido sabe da minha relação com o Ciro, com o Cid, uma parceria, uma relação política muito forte. É uma pessoa em quem acredito. Estou na perspectiva de construir uma aliança ainda no primeiro turno. E vou trabalhar para isso, independente de ser o PT na cabeça e o PDT na vice, ou vice-versa.

Compartilhe

Deixe um comentário