Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Camilo pode definir amanhã novo faseamento para abertura de academias, escolas e bares

0

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana pode definir nesta sexta-feira, 23, o faseamento de escolas, academias e bares, atividades até então não contempladas na etapa 4 do plano de retomada da economia do Estado.

Isso porque o governador se reúne com o Comitê de Saúde que define a autorização dos setores no Ceará. “Tem sido muito importante (as reuniões) para que a gente possa retomar as atividades forma responsável e sustentável. Não queremos que ocorra o que aconteceu em outros estados que abriram e tiveram de retroceder”, pontou o petista em transmissão ao vivo pelo Facebook no começo da noite de hoje, 23.

Hoje ocorreu a reunião com o Comitê Estadual, que engloba 27 instituições federais, estaduais, setor produtivo, organizações não governamentais.

Na sequência, adiantou que deverá ser concluída nos próximos dias a pesquisa de soroprevalência em Fortaleza. “Ela vai mostrar o percentual de pessoas que foram imunizadas e saber a questão da circulação do vírus”, completou.

O governador ainda falou das ações no Aeroporto de Fortaleza. “Hoje e amanhã os funcionários do Aeroporto estão sendo testados com exames de RT-PCR e de sorologia. Além disso, continuamos intensificando as barreiras sanitárias para triagem e avaliação dos passageiros que circulam nas áreas de embarque e desembarque. A pandemia ainda é grave e não podemos baixar a guarda”, destacou.

Novo faseamento
O secretário executivo de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag), Flávio Ataliba, chegou a adiantar o provável modelo de faseamento no último dia 20 (segunda). Na primeira etapa, entraria no rodízio de alunos nas escolas, com os 3º ano do Ensino Médio e o 5º ano do Ensino Fundamental sendo priorizados.

As academias regressariam com 30% da capacidade de atendimento. Já os eventos teriam uma espécie de escalonamento, verificando aqueles que possuem menos riscos sanitários. Bares também seriam abertos, mas ainda não se sabe como ocorreria essa modelagem.

Vale lembrar que são apenas estudos. Por ora, não há definição de quais serão as atividades primeiramente liberadas.

Compartilhe

Deixe um comentário