Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Casos confirmados e óbitos por COVID-19 exibem tendência de estabilidade em Fortaleza, revela boletim da Prefeitura

0

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O número de casos e óbitos confirmados por COVID-19 exibem uma tendência de estabilidade em Fortaleza. É o que revela o Informe Semanal da Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Fortaleza. A estabilização tem ocorrido desde o dia 10 de maio.

O órgão também explica que a Capital cearense pode ter atravessado o “pico diário” de novos casos entre o fim de abril e começo de maio. “No entanto, essa aparente tendência de estabilidade ou de leve declínio nos casos novos, a se refletir no formato da curva – até que se estabeleça uma tendência de inflexão, antecedida por uma estabilidade nas notificações – ainda não é definitiva, pois ainda pode estar enviesada por diversos fatores como o retardo das notificações mais recentes”, alerta a coordenadoria.

O maior número de casos são Meireles e Aldeota, além de regiões populosas como a Barra do Ceará. O aumento também é perceptível nos bairros Jangurussu e Messejana.

“Além dos citados, grandes aglomerados populacionais contíguos das Regionais II (Cocó, Papicu e Vicente
Pinzon) III (Quintino Cunha, Autran Nunes e Antonio Bezerra) e V (Mondubim e José Walter) estão
situados na faixa intermediária em relação ao ranking de casos confirmados por bairro”, destaca o documento. Atualmente 119 bairros de Fortaleza já registram mortes de residentes.

Compartilhe

Deixe um comentário