Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Ceará tem tem 40 pacientes internados por Covid-19

0

Com 185 casos de coronavírus, de acordo com o boletim divulgado nesta terça-feira (24) pela Secretaria de Estadual da Saúde (Sesa), o Ceará tem 40 pessoas internadas por conta da doença, 10 delas estão em Unidades de Terapia Intensiva em estado grave e duas tiveram melhora e receberam alta. As informações são do titular da pasta estadual, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho.

O secretário ressalta que os dois pacientes que obtiveram resposta positiva ao tratamento são idosos, com mais de 80 anos e apresentaram boa evolução.

(Correção: o G1 errou ao afirmar que dois pacientes foram curados da Covid-19 no Ceará. A informação correta é que eles tiveram melhora e receberam alta, mas continuam sob observação em casa. O erro foi corrigido às 19h58)

“Cerca de 8 [dos 10]estão em ventilação assistida e com quadros mais complexos, alguns deles já melhorando. A gente tem monitorado diariamente todos eles. Estamos identificando o perfil dessas pessoas, de onde eles vieram, que contato eles tiveram, que comorbidade eles tiveram”, afirmou em entrevista ao G1.

Número de casos de coronavírus no Ceará por dia
Ceará15 de março16/0317/0318/0319/0320/0321/0322/0323/0324/03050100150200
Fonte: Sesa

“A maioria é do sexo masculino, com mais de 60 anos e, geralmente, tem doença associada, uma prevalência de diabetes. Além disso, cerca de 80% dos casos são moradores dos bairros Meireles, Papicu, Aldeota e Varjota”.

Os pacientes que estão em estado de saúde moderado a grave estão sendo tratados com a hidroxicloriquina e a cloriquina, substâncias usadas para o tratamento de doenças como a malária e o lúpus, conforme divulgado no domingo (22) sobre o início dos testes com as medicações em hospitais do Ceará. A azitromicina também está sendo usada no tratamento, assim como outras substâncias que estão sendo estudadas pelos profissionais da saúde.

Medidas do governo do Ceará

Veja as medidas anunciadas entre 16 e 22 de março pelo governo do estado contra proliferação do novo coronavírus:

  • Decreto de situação de emergência na saúde pública;
  • Aulas suspensas em escolas e universidades públicas por 15 dias;
  • Proibição de eventos com mais de 100 pessoas;
  • Compra de mais de 10 mil kits para diagnosticar os casos de Covid-19;
  • Destinação de 200 leitos para enfermaria e 30 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para atender aos pacientes;
  • Compra de 600 UTIs e equipamentos de proteção para os profissionais da saúde;
  • Isolamento social;
  • Suspensão por 10 dias do funcionamento de bares, barracas de praia, restaurantes, lanchonetes, templos e igrejas, museus, academias de ginástica, feiras livres, lojas que prestem serviço de natureza privada, galerias e centros comerciais (liberados os serviços de entrega por aplicativo). As medidas restritivas não se aplicam a bares que funcionem no interior dos hotéis e pousadas, desde que sirvam somente aos hóspedes;
  • Interrupção do funcionamento do metrô em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, a partir de 0h de sábado (21);
  • Fim das viagens intermunicipais, a partir da 0h de segunda-feira (23);
  • Prorrogação do ponto facultativo para os servidores públicos do estado até sexta-feira (27);
  • Barreiras nas divisas do Ceará com outros estados, para fiscalização sanitária;
  • Suspensão das atividades do setor industrial até 29 de março, exceto a produção de itens essenciais;
  • Suspensão por 90 dias (abril, maio e junho) da cobrança de água para consumidores de baixa renda;
  • Suspensão por 90 dias da cobrança da tarifa de contingência;
  • Lançamento de edital para artistas, que farão apresentações on-line;
  • Inspeção de passageiros que chegam pelo aeroporto de Fortlaeza.

Ciclo do coronavírus  — Foto: Foto: Arte/G1Ciclo do coronavírus  — Foto: Foto: Arte/G1

Ciclo do coronavírus — Foto: Foto: Arte/G1

Compartilhe

Deixe um comentário