Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Comitiva interministerial acompanha ações do Governo Federal no Ceará

0

Comitiva interministerial realizou sobrevoo pela região metropolitana e pela capital cearense Foto: Alexandre Manfrim/Ministério da Defesa

Os ministros da Defesa, Fernando Azevedo, da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e da Advocacia-Geral da União, André Luiz Mendonça, realizaram sobrevoo pela região metropolitana e pela capital cearense, Fortaleza, na segunda-feira (24) para acompanhar a Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que está em curso no estado. Militares das Forças Armadas de vários estados foram deslocados para lá, bem como integrantes de órgãos de Segurança Pública federais, estaduais e municipais.

Foto: Ministério da Defesa

A comitiva interministerial também visitou a 10ª Região Militar, onde foram informados da situação pelo comandante Militar do Nordeste, general de Exército Marco Antônio Freire Gomes, e pelo comandante da 10ª Região Militar, general de Divisão Fernando José Soares da Cunha Mattos. Na ocasião, foram apresentadas as ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Centro de Controle da Operação para o retorno da normalidade ao estado. Em seguida, a comitiva participou de reunião com o governador do Ceará, Camilo Santana, no Palácio da Abolição, sede do Executivo local.

O ministro da Defesa disse que o presidente da República, Jair Bolsonaro, ao receber a solicitação do governador, rapidamente decretou a GLO e autorizou o envio de militares para o estado. Azevedo destacou ainda que a missão principal da GLO é a preservação da ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio. “Já são cerca de 2,6 mil homens da Marinha, do Exército e da Força Aérea, de todo o Nordeste, que, somados aos componentes dos Órgãos de Segurança Pública (OSP), chega a três mil”, destacou.

O ministro Sérgio Moro afirmou que a presença de Forças Federais no estado visa, exclusivamente, à proteção da população em substituição aos policiais que paralisaram as suas atividades. “Desejamos que esta situação possa ser resolvida o mais cedo possível”, disse.

O advogado-geral da União conclamou as pessoas envolvidas a adotarem postura de retração, pois quem sofre é a população. Ele disse esperar que as atividades retornem à normalidade o mais rapidamente possível.

O governador Camilo Santana agradeceu, em nome dos nove milhões de cearenses, pelo pronto atendimento ao pedido de GLO. Ele também agradeceu a presença dos militares e dos integrantes dos órgãos de Segurança Pública ressaltando: “a minha palavra é de agradecimento a todas as Forças que estão aqui”, finalizou.

Com informações do Ministério da Defesa

Compartilhe

Deixe um comentário