Cuba, Moçambique e Venezuela devem R$ 1,8 bilhão ao BNDES

0

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Cuba, Moçambique e Venezuela devem US$ 459 milhões – ou R$ 1,8 bilhão – ao BNDES em pagamentos atrasados. De acordo com a instituição financeira, embora tenham garantia do Tesouro Nacional, os empréstimos atrasados exigem o provisionamento para perdas no balanço financeiro do banco.

Cuba deve o montante de US$ 71,2 milhões, enquanto Moçambique devia US$ 114 milhões no início do ano.

No entanto, a maior fatia da dívida é da Venezuela. Considerando apenas o financiamento a serviços de engenharia, o total beira US$  274 milhões.

Compartilhe

Deixe um comentário