Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Cúpula do Brics em Brasília tem restrição do espaço aéreo e trânsito proibido na Esplanada dos Ministérios

0

A Força Aérea Brasileira (FAB) detalhou, nesta segunda-feira (11), o esquema de segurança que será adotado durante a XI Cúpula do Brics, em Brasília. Os chefes de governo do Brasil, da Rússia, Índia, China e África do Sul se reúnem na capital nesta quarta (13) e quinta-feira (14).

A operação prevê áreas de exclusão a partir da Praça dos Três Poderes a um raio de até 7,4 km – considerada “área vermelha”. Segundo o esquema, as aeronaves estão proibidas de sobrevoar a região.

Por terra, órgãos de trânsito farão o bloqueio de vias nos arredores da Esplanada dos Ministérios a partir da meia-noite de terça-feira (12). Parte do Eixo Monumental será fechada por 48 horas (veja detalhes abaixo).

O Aeroporto Internacional de Brasília será considerado “área restrita”, mas pousos e decolagens de aviões comerciais não serão afetados. Já aeronaves de pequeno porte vão precisar da autorização dos militares para operar.

“Para evitar que existam impacto ou atrasos nos voos operados pelas empresas aéreas regulares no Aeroporto Internacional de Brasília, a FAB promoverá medidas de gerenciamento do fluxo para que […] possam ser feitas todas as atividades de segurança”, diz trecho do comunicado.

Aeronave F5-EM, da FAB — Foto: FAB/DivulgaçãoAeronave F5-EM, da FAB — Foto: FAB/Divulgação

Aeronave F5-EM, da FAB — Foto: FAB/Divulgação

O esquema adotado para o Brics é o mesmo utilizado em grandes eventos, como a Copa do Mundo, em 2014, e posses presidenciais.

Durante todo o evento, 1,6 mil militares vão atuar na operação. Segundo a FAB, aeronaves de caça ficarão posicionadas em locais estratégicos e poderão ser acionadas para neutralizar ameaças identificadas.

Trânsito

As vias S1 e N1, no Eixo Monumental, e vias dos anexos, S2 e N2, ficarão fechadas por 48 horas – da madrugada de quarta-feira (13) até a 0h de quinta (14).

A via S1 será interditada na altura da Catedral. Para acessar a região, os motoristas vão ter que fazer um desvio para a via L2 Sul. Já, na N1, a interdição será na altura da via L4, próximo ao Corpo de Bombeiros, até a via L2 Norte (buraco do Tatuí).

O Departamento de Trânsito (Detran) também proibiu o tráfego de veículos na S2 (rotatória aos fundos da Catedral) até a L4 Sul – ao lado da Procuradoria-Geral da República.

Mapa mostra mudanças no trânsito de Brasília durante XI Cúpula do Brics — Foto: Detran-DF/ReproduçãoMapa mostra mudanças no trânsito de Brasília durante XI Cúpula do Brics — Foto: Detran-DF/Reprodução

Mapa mostra mudanças no trânsito de Brasília durante XI Cúpula do Brics — Foto: Detran-DF/Reprodução

A orientação é para que os motoristas evitem transitar nas proximidades da Esplanada dos Ministérios nos dias 13 e 14 e utilizem as vias S3 (na Asa Sul), N4 (na Asa Norte) e o Eixo Rodoviário (Eixão) como rotas alternativas.

Além disso, haverá interdições no Setor de Clubes Esportivos Sul, próximo ao Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). As vias que dão acesso ao espaço serão fechadas durante na quarta-feira (13), entre 0h e 20h.

Ponto facultativo

Por causa do evento, o governador Ibaneis Rocha (MDB) decretou ponto facultativo no Distrito Federal nos dias 13 e 14 de novembro – véspera do feriado da Proclamação da República (15). A justificativa é a reunião da cúpula do Brics marcada para esses dias, na capital.

Com isso, os servidores públicos estarão de folga a partir de quarta-feira (13) – tendo apenas dois dias úteis de expediente na próxima semana.

De acordo com o decreto de Ibaneis, a medida é para “resguardar a segurança de todos os participantes do evento”. Serviços essenciais aos cidadãos deverão manter escalas para garantir os trabalhos sem interrupção, afirma o GDF.

O que é o Brics

Formado em 2009, o Brics é um grupo de desenvolvimento econômico que engloba Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Além dos encontros presidenciais (cúpula e encontro informal à margem do G20), o Brics organiza cerca de 100 reuniões anuais.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, participarão da cúpula:

A XI Cúpula do Brics acontece nos dias 13 e 14 de novembro, no Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores. Esta é a segunda vez que Brasília recebe a reunião. A primeira foi em 2010.

G1

Compartilhe

Deixe um comentário