Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Decreto de reabertura econômica não vai ter mudanças nesta semana no Ceará, anuncia Camilo

0

Apesar de melhorias nos índices da pandemia no Ceará, o governador chama atenção para o aumento de casos em outros estados brasileiros e, por isso, manteve as mesmas medidas anunciadas na última semana.

O governador do Ceará, Camilo Santana, divulgou nesta sexta-feira (18) que não haverá mudanças nesta semana no decreto com medidas preventivas para conter o avanço da Covid-19, mantendo-se assim as definições do último decreto.

Na última sexta (11), o estado liberou aulas presenciais em todos os anos letivos do ensino médio — com opção híbrida — além de espaços como museus, bibliotecas e cinemas, com capacidade limitada, exceto para a região do Cariri.

Camilo explicou que o Governo do Ceará tem conversado com outros estados, e a situação das outras federações também alerta o estado. “Está havendo um crescimento de casos em vários estados do Brasil. Inclusive a Fiocruz divulgou ontem a preocupação com a pandemia no Brasil. Vamos chegar a 500 mil óbitos no Brasil neste fim de semana e isso preocupa”, informou Camilo.

“Por prudência, precaução, o Comitê decidiu permanecer com o status anterior do decreto mantendo inclusive o Cariri com mais restrições perante as demais regiões do estado do Ceará”, complementou o governador.

O Cariri, inclusive, ainda inspira cuidados em relação aos dados da pandemia. Há tendência de redução da transmissão da doença, mas ainda 56% dos exames dão positivo para o coronavírus, o que representa um índice alto.

O governador também destacou uma preocupação específica do mês de junho. “Há uma preocupação nossa com os festejos juninos. Vamos preservar esse momento. Teremos várias outras festas juninas. Quem não gosta de festa junina? Quem não gosta de dançar quadrilha, comer um pé-de-moleque e encontrar os amigos? Mas vamos deixar isso para o próximo ano”, orientou Camilo.

O secretário de Saúde do estado, Dr. Cabeto, ainda pontou as seguintes análises:

  • A taxa de positividade dos exames reduziu nas cinco regiões de saúde, mas ainda permanece elevada, principalmente, no Cariri
  • O número de atendimentos e internações reduziu, exceto no Cariri
  • Houve redução significativa do número de óbitos no estado
  • A taxa de transmissão permanece estável em relação a última semana, com valores abaixo de 1.

Veja as medidas mantidas:

  • Segmentos como academias e templos religiosos seguem com a mesma capacidade de público, 40% e 50% respectivamente;
  • Espaços esportivos, como as Areninhas, mantêm-se abertas;
  • Mantido o toque de recolher das 23h às 5h;
  • Mantem-se autorizada a abertura de bibliotecas, museus e cinemas;
  • Aulas em todos os anos letivos do ensino médio continuam liberadas;

Os eventos corporativos com público limitado — ou seja, de trabalho e empresariais — foram liberados para voltar a acontecer desde o dia 14.

Outras informações divulgadas pelo governador Camilo Santana:

  • Evolução da pandemia: números da região do Cariri continuam preocupando, conforme Dr. Cabeto;
  • Avanço da vacinação: previsão do governo é chegar a 40% da população adulta (acima de 18 anos) vacinada com a primeira dose; e o secretário informou que as mulheres tem procurado mais a imunização que homens;
  • Toque de recolher: permanece de 23h às 5h

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário