Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Destroços da escultura ‘Mulher Rendeira’ são encontrados em Fortaleza

0

Os restos da escultura “Mulher Rendeira” foram finalmente localizados. Entretanto, o processo de restauração da obra ainda será definido pelo Banco do Brasil.

Para alívio dos cearenses, no início da tarde da segunda-feira (1), um vídeo com os destroços da escultura passou a circular na internet. A imagem revela pedaços da rendeira pelo chão. É possível perceber a cabeça pernas e pés da personagem tão importante à cultura local.

Diário do Nordeste

@diarioonline

Destroços da escultura ‘Mulher Rendeira’ são encontrados em Fortaleza https://bit.ly/3dq16zJ 

Embedded video

See Diário do Nordeste’s other Tweets
A sociedade cearense testemunhou um novo descaso com a memória cultural do Estado. No último final de semana, a notícia do desaparecimento da escultura ‘Mulher Rendeira’ gerou revolta e apreensão nas redes sociais.

Artistas, arquitetos, pesquisadores e entidades denunciaram que a obra do artista plástico Corbiniano Lins tinha sido destruída a marretadas. E pior, o paradeiro do que sobrou da peça seguia desconhecido.

Em nota, o Banco do Brasil explicou que a retirada da escultura foi “resultado de erro de execução no projeto de engenharia, que previa a remoção da escultura durante as obras exatamente para protegê-la, com sua posterior reinstalação”.

Entidades como o Instituto dos Arquitetos do Brasil (Departamento Ceará) e Secretaria da Cultura de Fortaleza criticaram e cobraram respostas. Já na segunda, a Coordenaria de Patrimônio Cultural e Memória da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) prestou apoio e informou estar em contato com Viana (pessoa que guardou os restos da escultura) e com a assessoria do banco.

“Estamos nos colocando à disposição para auxiliar no restauro da obra pela Escola de Artes e Ofício Thomaz Pompeu Sobrinho e, em último caso, a possibilidade de sua instalação na praça Luiza Távora, junto ao CEART”, apontou Fabiano dos Santos Piuba.

“Sabemos que essa não é a melhor alternativa. O lugar da obra de arte ‘Mulher rendeira’ do escultor pernambucano José Corbiniano Lins é no jardim da agência do Banco do Brasil na Duque de Caxias e o Banco do Brasil também já vem tomando providências para tal feito”, apontou o gestor.

Diário do Nordeste

Compartilhe

Deixe um comentário