Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Distrito Federal comemora 25 anos de respeito à faixa de pedestre

0

Capital federal foi a pioneira no país na aplicação do ato de cidadania

Francine Marquez

Francine Marquez

Há 25 anos, os moradores do Distrito Federal começaram a ter mais segurança no momento de atravessar as ruas, com o uso das faixas de pedestres. Brasília e as regiões administrativas do DF foram as pioneiras na aplicação desse ato de cidadania. Um motivo de orgulho para os pedestres e motoristas da região.

Desde então, no DF, basta que 0 pedestre estique um dos braços no começo da faixa, com intuito de sinalizar a intenção de atravessar a rua para que os carros parem, o gesto é conhecido como sinal de vida. A medida na redução das mortes nas ruas.

Para se ter uma ideia, em 1997, no primeiro ano, de acordo com dados do Departamento de Trânsito do Governo do Distrito Federal (Detran-DF),  já houve uma redução de 24% no número de pedestres mortos (202) em relação ao ano anterior (266). “De lá para cá, mesmo com uma frota saltando de 605 mil veículos em 1996 para 1.870.203 em 2020, o número de pedestres que perderam a vida no trânsito do DF reduziu 83,4%, caindo de 266 para 44 mortes por atropelamento”.

No ano passado, entre as 44 mortes, devido a atropelamentos, somente um ocorreu quando o pedestre estava na faixa.

DIÁRIO DO PODER

Compartilhe

Deixe um comentário