Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Eleições: Onyx Lorenzoni lidera pesquisa para governador do RS

0

Segundo levantamento do Real Time Big Data desta segunda-feira (14), o deputado federal vence em praticamente todos os cenários

O deputado federal e ex-ministro do Trabalho e Previdência Onyx Lorenzoni (PL) lidera quase todos os cenários da disputa eleitoral para governador do Rio Grande do Sul, revela pesquisa Real Time Big Data desta segunda-feira (18).

No primeiro cenário da pesquisa estimulada, em que são apresentados os nomes dos candidatos aos eleitores sem a indicação de apoio na esfera federal, Onyx aparece com 20% dos votos. Depois, estão empatados o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior (PDT), e o ex-deputado Beto Albuquerque (PSB), com 7%.

VEJA TAMBÉM

O atual governador do estado, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), aparece na sequência, com 6% das intenções de voto. Depois, figuram o deputado estadual Edegar Pretto (PT) e o senador Luiz Carlos Heinze (PP), com 5%. Bolzan, Albuquerque, Vieira Júnior, Pretto e Heinze estão empatados tecnicamente.  A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Em seguida, vêm o empresário Roberto Argenta (PSC) e o deputado estadual Gabriel Souza (MDB), ambos com 2%. Eles também estão empatados tecnicamente com Pretto e Heinze. Brancos e nulos somam 33%. Cerca de 13% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Veja os números:

Onyx Lorenzoni (PL): 20%
Romildo Bolzan Júnior (PDT): 7%
Beto Albuquerque (PSB): 7%
Ranolfo Vieira Júnior (PSDB): 6%
Edegar Pretto (PT): 5%
Luiz Carlos Heinze (PP): 5%
Roberto Argenta (PSC): 2%
Gabriel Souza (MDB): 2%
Brancos e nulos: 33%
Não souberam ou não responderam: 13%

No segundo cenário, simulando a participação de Eduardo Leite, que tem a intenção de disputar a Presidência da República, Onyx também lidera, com 19%. Nesse levantamento, fica de fora o governador Ranolfo Vieira Júnior. Veja:

Onyx Lorenzoni (PL): 19%
Eduardo Leite (PSDB): 13%
Romildo Bolzan Júnior (PDT): 6%
Beto Albuquerque (PSB): 5%
Edegar Pretto (PT): 5%
Luiz Carlos Heinze (PP): 5%
Roberto Argenta (PSC): 2%
Gabriel Souza (MDB): 1%
Brancos e nulos: 30%
Não souberam ou não responderam: 14%

LEIA TAMBÉM

Cenários com apoio de pré-candidatos à Presidência

O cenário induzido, em que é apresentada ao eleitor a lista de candidatos com possíveis cabos eleitorais na esfera federal, mostra que o candidato que tiver o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) tem, atualmente, mais chances de vencer. Os principais nomes da disputa, de acordo com esse tipo de levantamento, são o de Onyx Lorenzoni e o do senador Luiz Carlos Heinze. Confira o resultado do primeiro cenário:

Onyx Lorenzoni (com apoio de Jair Bolsonaro): 25%
Edegar Pretto (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 16%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 11%
Gabriel Souza (com apoio de Eduardo Leite): 11%
Brancos e nulos: 12%
Não souberam ou não responderam: 25%

Em um segundo cenário induzido, em que Luiz Carlos Heinze figura como candidato do presidente Bolsonaro no lugar de Onyx, o senador lidera. Confira:

Luiz Carlos Heinze (com apoio de Jair Bolsonaro): 23%
Beto Albuquerque (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 15%
Gabriel Souza (com apoio de Eduardo Leite): 11%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 14%
Não souberam ou não responderam: 27%

Terceiro cenário induzido:

Luiz Carlos Heinze (com apoio de Jair Bolsonaro): 21%
Beto Albuquerque (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 16%
Ranolfo Vieira Júnior (com apoio de Eduardo Leite): 11%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 12%
Não souberam ou não responderam: 30%

Quarto cenário induzido:

Luiz Carlos Heinze (com apoio de Jair Bolsonaro): 22%
Edegar Pretto (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 16%
Gabriel Souza (com apoio de Eduardo Leite): 12%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 13%
Não souberam ou não responderam: 27%

Quinto cenário induzido:

Onyx Lorenzoni (com apoio de Jair Bolsonaro): 22%
Beto Albuquerque (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 16%
Gabriel Souza (com apoio de Eduardo Leite): 12%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 13%
Não souberam ou não responderam: 27%

Sexto cenário induzido:

Onyx Lorenzoni (com apoio de Jair Bolsonaro): 21%
Beto Albuquerque (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 14%
Ranolfo Vieira Júnior (com apoio de Eduardo Leite): 13%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 14%
Não souberam ou não responderam: 28%

Sétimo cenário induzido:

Onyx Lorenzoni (com apoio de Jair Bolsonaro): 22%
Edegar Pretto (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 15%
Ranolfo Vieira Júnior (com apoio de Eduardo Leite): 12%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 15%
Não souberam ou não responderam: 26%

Oitavo cenário induzido:

Luiz Carlos Heinze (com apoio de Jair Bolsonaro): 21%
Edegar Pretto (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 15%
Ranolfo Vieira Júnior (com apoio de Eduardo Leite): 13%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 10%
Brancos e nulos: 14%
Não souberam ou não responderam: 27%

Rejeição

O levantamento também avaliou o nível de rejeição dos possíveis candidatos a governador do estado. Confira:

Onyx Lorenzoni (PL): 38%
Luiz Carlos Heinze (PP): 36%
Romildo Bolzan Júnior (PDT): 30%
Beto Albuquerque (PSB): 30%
Edegar Pretto (PT): 29%
Ranolfo Vieira Júnior (PSDB): 28%
Gabriel Souza (MDB): 25%
Roberto Argenta (PSC): 20%
 

Senado

Segundo a pesquisa estimulada para o Senado, Manuela d’Ávila (PCdoB) vence nos dois cenários. No primeiro, sem a presença do ex-governador Eduardo Leite, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), aparece em segundo lugar. Veja:

Manuela d’Ávila (PCdoB): 20%
Hamilton Mourão (Republicanos): 16%
Ana Amélia Lemos (PSD): 12%
José Ivo Sartori (MDB): 10%
Nelson Marchezan Júnior (PSDB): 4%
Romildo Bolzan Júnior (PDT): 4%
Lasier Martins (Podemos): 4%
Brancos e nulos: 10%
Não sabem ou não responderam: 20%

No segundo cenário, com a presença do ex-governador Eduardo Leite, o ex-chefe do Executivo estadual aparece na vice-liderança:

Manuela d’Ávila (PCdoB): 18%
Eduardo Leite (PSDB): 16%
Hamilton Mourão (Republicanos): 12%
Ana Amélia Lemos (PSD): 11%
José Ivo Sartori (MDB): 9%
Romildo Bolzan Júnior (PDT): 3%
Lasier Martins (Podemos): 3%
Brancos e nulos: 8%
Não sabem ou não responderam: 20%

Na pesquisa induzida para o Senado, em que são apresentadas as opções de voto vinculadas aos apoios de pré-candidatos à Presidência da República, Manuela d’Ávila também lidera nos três cenários.

Primeiro cenário:

Manuela d’Ávila (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 22%
Hamilton Mourão (com apoio de Jair Bolsonaro): 18%
José Ivo Sartori (com apoio de Simone Tebet): 11%
Nelson Marchezan Júnior (com apoio de Eduardo Leite): 8%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 7%
Lasier Martins (independente): 4%
Brancos e nulos: 10%
Não sabem ou não responderam: 20%

Segundo cenário:

Manuela d’Ávila (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 21%
Hamilton Mourão (com apoio de Jair Bolsonaro): 17%
Ana Amélia Lemos (com apoio de Eduardo Leite): 15%
José Ivo Sartori (com apoio de Simone Tebet): 10%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 6%
Lasier Martins (independente): 4%
Brancos e nulos: 10%
Não sabem ou não responderam: 17%

Terceiro cenário:

Manuela d’Ávila (com apoio de Luiz Inácio Lula da Silva): 21%
Hamilton Mourão (com apoio de Jair Bolsonaro): 18%
Eduardo Leite (com apoio de Simone Tebet): 18%
Romildo Bolzan Júnior (com apoio de Ciro Gomes): 9%
Lasier Martins (independente): 4%
Brancos e nulos: 11%
Não sabem ou não responderam: 19%

A pesquisa

A pesquisa Real Time Big Data foi encomendada pelo Grupo Record e entrevistou 1.200 eleitores gaúchos entre 15 e 16 de abril por telefone. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança estatística é de 95%.

R7

Compartilhe

Deixe um comentário