Ouvir Rádio: Rádio Senado / Universitária FM 107.9 Fale Conosco

Em 24 horas, sangradouro vai escoar o equivalente a 500 piscinas olímpicas de açude em Ubajara

0

Após 24 horas, o volume da barragem Granjeiro, localizada entre os municípios de Ubajara e Ibiapina, na Região da Ibiapaba do Ceará, deverá ter escoado 50% de toda a sua capacidade. De acordo com o técnico da Agência Nacional de Águas (ANA), Rogério Menescal, o volume que será despejado no novo sangradouro equivale a 500 piscinas olímpicas. Neste prazo, será avaliada a possibilidade de retorno das famílias para suas residências.

Quatro retroescavadeiras abriram novo vertedouro nesta terça-feira (19) após 20 horas de escavação. A vala aberta nesta terça tem mais de 90 metros de comprimento e dez metros de largura.

A expectativa é que em até 24 horas a gente faça uma avaliação no sentido de que as pessoas possam retornar para as suas residências. Neste período, o volume do reservatório vai ter baixado para 50% no que o prefeito citou. Isso representa 1 milhão e meio de metros cúbicos. O que seria equivalente a umas 500 piscinas olímpicas sendo 50 metros de comprimento com 2,5 de profundidade e 25 de largura, disse.

Ainda de acordo com Menescal, os trabalhos para a escavação do novo sangradouro aconteceram dentro do planejado.

Está acontecendo tudo dentro do previsto. Nós estamos até mais cautelosos do que inicialmente. Encontramos rocha na região no interior do sangradouro. Está indo tudo dentro do esperado.

São aproximadamente 3 mil pessoas. Em torno de 90% delas já se retiraram, segundo a Defesa Civil. Parte delas buscou abrigo em casas de parentes, outra foi transferida para abrigo. Lá, as famílias recebem assistência da prefeitura e de voluntários.

Os trabalhos para conter os riscos de rompimento da barragem tiveram início no fim da última quarta-feira (13), com a colocação de sacos de areia. Na sexta-feira (15), começou a escavação do novo sangradouro. A previsão para o término da obra era por volta de 10 horas desta terça (19), mas por conta das rochas do solo, os técnicos tiveram dificuldades de realizar a escavação.

Ceará Agora

Compartilhe

Deixe um comentário