Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Em pesquisa do PT, Luizianne e seu partido têm percentuais de preferência aproximados

0

Nas atuais circunstâncias, se o eleitorado do PT se mantiver fiel à candidata do partido, são significativas as chances da petista chegar ao 2º turno. Porém, numa Capital com a dimensão de Fortaleza, só saem vencedores os que conseguem ampliar seu eleitorado para muito além da origem partidária.

Caso a pesquisa encomendada pelo PT tenha captado as reais intenções do eleitorado de Fortaleza, a ex-prefeita Luizianne Lins fica bem na fotografia realizada entre os dias 19 e 22 de setembro passados. Na consulta do partido encomendada à empresa Zaytec por R$ 42 mil, a intenção de voto dedicada à petista, que aparece na segunda posição, é próxima ao percentual de eleitores que afirma ter o PT como sigla preferencial.

Luizianne aparece na pesquisa com 23,2% enquanto o PT é apontado como partido preferido de 27% do eleitorado. Ou seja, há ainda potencial imediato de crescer.

Numa disputa que se anuncia apertada, se os fãs do PT permanecerem fieis até o dia da eleição e descarregarem seus votos em Luizianne, a deputada fica numa situação que poderá deixa-la confortável para chegar ao segundo turno. Hoje, nove entre dez analistas avaliam que, nas atuais circunstâncias, 25% dos votos são suficientes para levar um concorrente à segunda etapa de Fortaleza.

Sinal de que a ex-prefeita vai apostar no eleitorado que tradicionalmente vota no PT e que não largou a bandeira do partido. Porém, numa eleição de dois turnos, o exagero no mimetismo candidato/partido pode ser arriscado. Numa Capital com a dimensão de Fortaleza, só saem vencedores os que conseguem ampliar seu eleitorado para muito além da régua da origem partidária. Experiente, a parlamentar certamente está atenta a esse ponto.

O detalhe é que é abissal a distância entre o eleitorado que afirma preferir o PT e outros partidos, como os 4% que apontaram o Pros do candidato Capitão Wagner.

Ainda sem campanha aberta, a pesquisa serve como um indicador de recall. O eleitorado ainda está na fase de, digamos, hibernação em relação à disputa eleitoral. Os eleitores só começam a despertar com o início do horário eleitoral gratuito, quando os candidatos estão no vigor da campanha.

Vejam o release distribuído pela assessoria da deputada federal
Em pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 25, a Zaytec divulga os primeiros números dos candidatos que disputam a prefeitura de Fortaleza. A deputada e ex-prefeita da Capital, Luizianne Lins (PT) aparece em segundo lugar com 25,2% das intenções de voto, em primeiro o deputado Capitão Wagner (PROS) com 34,3%, em terceiro, Heitor Férrer (SOLIDARIEDADE) com 5,8%.

A pesquisa avaliou ainda o partido política de preferência dos Fortalezenses. O Partido dos Trabalhadores, de Luizianne Lins lidera o ranking com 27%, em seguida vem o PROS (4%), PDT (2,9%) e PSL (2,5%).

Outros dados apresentam, ainda, a influência de políticos no voto do eleitor de Fortaleza. Nesse sentindo, 38,6% diz ser indiferente ao candidato indicado pelo Senador Cid Gomes (PDT). Inclusive, o candidato apoiado pelo ex-governador, Dr. Sarto (PDT) encontrasse na 4ª colocação das intenções de voto com 5,1%, na pesquisa estimulada.

Quando o nome perguntado é o do ex-presidente Lula, 45,5% dos entrevistados afirmam “aumentar sua vontade de votar no candidato”, que no caso é Luizianne. E com o nome do presidente Bolsonaro, 44,2% diz que “diminui a sua vontade de votar no candidato”, no caso, Capitão Wagner.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o número 00921/2020 e foi encomendada pelo Partido dos Trabalhadores. Foram realizadas 1.200 entrevistas entre os dias 19 e 22 de setembro.

Compartilhe

Deixe um comentário