Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

FazSol e Órigo Energia vão construir 11 fazendas solares no Ceará

0

As usinas serão levantadas nos municípios de Mombaça (4), Independência (4) e Pedra Branca (3). A previsão é que os projetos sejam concluídos ainda em 2022

Átila Varela
atila@focus.jor.br

O Ceará continua atraindo investimentos para o segmento de energias renováveis. O mais novo empreendimento a ser construído no Estado são 11 fazendas solares das empresas FazSol, joint venture fundada pela japonesa Shizen Energy e a holding brasileira Espaço Y, e a Órigo Energia.

As usinas serão levantadas nos municípios de Mombaça (4), Independência (4) e Pedra Branca (3). Além das unidades cearenses, as companhias vão construir mais 4 no Distrito Federal e outras 2 em Minas Gerais. Ao todo, serão investidos R$ 150 milhões no projeto. A previsão é que os projetos sejam concluídos ainda em 2022.

As áreas definidas abarcam a localização dos clientes da Órigo Energia. O insumo produzido será justamente fornecido a eles. Receberão por meio de um sistema de geração distribuída compartilhada.

Somados, os empreendimentos atingem 33 MWp de capacidade instalada. A produção anual será de 65 GW. O montante equivale ao abastecimento de 130 mil casas durante um mês. Segundo as empresas, 50 mil tolenadas de carbono deixarão de ser emitidas na atmosfera.

O que é uma fazenda solar?

Uma fazenda solar nada mais é do que uma grande área equipada com placas fotovoltaicas. Ela é ideal para empresas que querem reduzir os custos com energia.

Os empreendimentos são instalados em regiões com grande incidência solar.

Compartilhe

Deixe um comentário