Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Fortaleza é a 3ª capital com maior percentual de sedentários; profissional alerta para riscos

0

Dados também são alarmantes no Brasil. O mesmo estudo revela que 53,4% das mulheres das capitais não realizaram nenhum exercício físico em 2021, índice maior do que os homens (42,2%).

Fortaleza foi considerada a terceira capital do Brasil com maior percentual de pessoas sedentárias, que não praticam nenhum tipo de atividade física. Segundo o observatório da atenção primária da Umane, 49,8% da população da capital cearense é sedentária.

Os dados também são alarmantes no Brasil. O mesmo estudo revela que 53,4% das mulheres das capitais não realizaram nenhum exercício físico em 2021, índice maior do que os homens (42,2%).

A inatividade física é maior entre quem tem menos anos de estudo: 64,5% das pessoas com até oito anos de estudo estão paradas, contra 47,3% das que têm entre 9 e 11 anos de estudo e 36,1% entre quem tem 12 anos ou mais.

O levantamento mostra, ainda, que as pessoas que não praticam exercício algum são a maioria nas faixas etárias a partir de 55 anos: 56% entre os que têm de 55 a 64 anos e 63,6% entre os que têm 65 anos ou mais.

LEIA TAMBÉM:

O educador físico Matheus Melo Maciel disse em entrevista ao g1 que o sedentarismo é um dos principais problemas da sociedade em relação a doenças. Para ele, grande parte das pessoas que busca algum tipo de atividade física buscam fins estéticos, e não por cuidado com a saúde.

“Das principais causas que os jovens chegam a esse ponto é o fato de acharem que, por serem jovens, eles não vão ter nenhum tipo de doença, não vão ter nenhum tipo de problema, e que depois eles vão poder cuidar da saúde. A maioria dos jovens que entra hoje no mundo da atividade física é mais por estética do que por saúde. Não é porque estão preocupados se vão adquirir alguma doença, é se vão ter um corpo bonito ou não.”

 

Consequências do sedentarismo

 

O profissional alerta para problemas que podem ser ocasionados pelo sedentarismo tanto em pessoas jovens como idosas.

“Os principais problemas do sedentarismo são as doenças que ele pode causar. Diabetes, problema de pressão, problemas articulares, problemas ósseos, insônia e a obesidade. Já que seu corpo faz um trabalho lento, você não tem um gasto suficiente e normalmente as pessoas sedentárias comem mais e isso causa obesidade, absurda no Brasil e no mundo”, relata.

“Consequentemente, os problemas de você ter obesidade são entupimentos de vasos de artérias, isso ocasiona problemas cardiovasculares, podendo ocasionar infartos, AVC, tromboses… então é sempre importante a questão da atividade física”, completou.

Compartilhe

Deixe um comentário