Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Fortaleza terá mutirão de cadastro de vacinação contra Covid na segunda-feira; veja locais

0

Ação tem objetivo de cadastrar as pessoas que não tem acesso ao ‘mundo digital’, como definido pelo prefeito.

Um mutirão de cadastro na plataforma Saúde Digital para vacinação contra a Covid-19 será realizado em Fortaleza na segunda-feira (14). A informação foi anunciada pelo prefeito Sarto Nogueira, em transmissão nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (10).

A ação, que tem como objetivo cadastrar as pessoas que não tem acesso ao “mundo digital”, como definido pelo prefeito, será realizada nos 27 Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município, no Cuca Jangurussu, Cujca José Walter e no Centro Cultural Canindezinho.

“Segunda-feira nós vamos disponibilizar um verdadeiro mutirão para cadastramento dos excluídos digitais. Nós teremos 27 Cras de Fortaleza, dois Cucas, que serão o Cuca Jangurussu e José Walter, teremos o Centro Cultural Canindezinho. Nós vamos cadastrar essas pessoas no site Saúde Digital para que a gente tenha condições de dar aceso a todos e a todas para a vacina”, disse o gestor municipal.

Busca ativa

Segundo Sarto, a partir de hoje a Secretaria de Direitos Humanos, Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria de Saúde (SMS) e a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude realizam uma busca ativa para identificar as pessoas que ainda não estão cadastradas na plataforma. A previsão do prefeito é que mais de 500 mil pessoas atendidas por esses órgãos sejam beneficiadas.

“Agora nós estamos fazendo, a partir de hoje, a busca ativa dessas secretarias. Só a Secretaria de Direitos Humanos e Defesa Social tem um cadastro enorme e estão entregando cerca de 120 mil cestas básicas mês. Então vai fazer uma busca ativa dessas pessoas para saber quem delas ainda não se cadastrou no site Saúde Digital. Para você ter ideia, a Secretaria Municipal de Educação tem uma rede de 240 mil alunos. A professora Dalila, professores, diretores, vamos buscar esses alunos, pais de alunos e responsáveis para saber se eles já se cadastraram. E quem não cadastrou a gente vai ajudar a cadastrar. O primeiro passo é a busca ativa”, explicou o prefeito.

Instabilidade

A plataforma Saúde Digital, da Secretaria da Saúde (Sesa), usada no cadastro para a vacinação contra a Covid-19 no Ceará recebeu 200 mil novos cadastros em Fortaleza e passou por uma instabilidade. Durante esta quarta-feira (9) a plataforma esteve fora do ar, impossibilitando o acesso do público.

Em nota enviada pela Sesa nesta terça-feira (8), a Sesa afirma que a instabilidade foi causada pela alta demanda de novos cadastros e que o setor técnico está trabalhando para evitar transtornos aos cidadãos.

Além da plataforma, o vacinômetro divulgado pela Sesa, que apresenta o número de pessoas que foram vacinadas contra o novo coronavírus no Estado também está desatualizado. A mais recente atualização foi às 17h de segunda-feira (7). Na ocasião, houve discrepância entre o número das segundas doses de vacinas aplicadas em relação ao dia anterior, ocorrendo uma diminuição significativa da quantidade de pessoas.

A Sesa afirma que o fato aconteceu devido a um ajuste no número de aplicação das segundas doses. “A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informa que na última atualização do vacinômetro estadual ocorreu um ajuste no número de aplicação das segundas doses (D2) pelos municípios cearenses, o que ocasionou uma redução de 1.268 vacinas comparado ao dia anterior”, explicou a pasta da saúde.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário