Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Governo assina acordo para impulsionar investimentos em segurança pública

0

Presidente do BID, Luis Alberto Moreno, ministro Sergio Moro e presidente do BNDES, Gustavo Montezano

Oministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, assinou nesta quinta-feira (10), memorando com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para impulsionar investimentos em segurança pública no país.

O documento foi assinado, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2019, em São Paulo (SP), pelo ministro Sergio Moro, pelo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, e pelo presidente do BID, Luis Alberto Moreno.

O acordo pretende estimular possíveis linhas de crédito para financiar programas e projetos, assim como fortalecer os mecanismos de planejamento, governança e gestão do Sistema Único de Segurança Pública (Susp).

“Qualquer investimento nessa área, não só a compra de equipamentos de segurança, mas investimentos bem planejados, com projetos que visem identificar num local as causas que favorecem as elevadas incidências de criminalidade naquela região podem fazer uma grande diferença.”

A ideia é que com a parceria o ministério atue como um “impulsionador” de bons projetos. Caberá ao BNDES e BID apoio na elaboração e execução e também na oferta de linhas de crédito específicas para a segurança pública.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, explicou que o ministro Moro, por meio do acordo, está representando o cliente do BNDES, que é o cidadão brasileiro.

“Através do gestor público, a gente entende os problemas do cidadão. Então, o Ministério da Justiça entende onde a atuação do banco, seja com recurso financeiro ou expertise técnica, vai agregar mais valor, vai trazer mais melhoria de vida para as pessoas”, disse.

Montezano afirmou que o BID participa com os benchmarks internacionais de tecnologia, de otimização de recursos, de segurança, entre outros. “E, junto com esse parceiro, vamos fazer alguns pilotos para testar o modelo, fazer projetos sustentáveis de forma que melhorem não só a vida do policial mas também a vida de quem recebe esses serviços˜, completou.

Tags:
Compartilhe

Deixe um comentário