Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Jovem em RR dobra faturamento com revenda virtual de máquina de cartão: ‘consumidores não andam mais com dinheiro’

0

O empreendedor Enoc Henrique, de 24 anos, conseguiu driblar a crise e aumentar seu faturamento durante a pandemia. De forma online, ele revende máquinas de cartão de crédito e débito para todo o Brasil. A história dele foi divulgada nesta sexta-feira(29) pelo Serviço Nacional de Aprendizagem (Senac), onde o jovem estudou.

Entusiasta do empreendedorismo, o jovem afirma que já tinha o hábito de vender produtos. A ideia para o novo negócio surgiu quando precisou adquirir uma máquina de cartão para atender seus clientes.

Estudando sobre o funcionamento do aparelho, ele viu que era possível revender outras máquinas, ganhando comissão por isso. Antes da pandemia, ele conta que vendia duas máquinas por dia, no valor de R$ 50, cada. Atualmente, essa média passou para 10 vendas diárias.

“Muita gente está procurando um meio de sobreviver, geralmente fazendo algum tipo de comida ou trabalhando como entregadores, e precisa da máquina de cartão, já que muitos consumidores não andam mais com dinheiro vivo”, comentou. “Então entrego presencialmente aqui, ou envio os lotes para fora, e todos nós nos ajudamos”.

Em pouco tempo, Enoc se cadastrou como revendedor da empresa de máquinas. Ele explica que para divulgar o produto, cria anúncios em uma página no Facebook, onde também realiza as negociações. Os pedidos são organizados em uma planilha do excel.

Há três meses, criou um site próprio para automatizar as vendas para outros estados. Enquanto as vendas na capital, seguem pelas redes sociais.

“Melhorou 100% o meu rendimento e as minhas negociações com os clientes. Mas também penso em ampliar o site para permitir entregas aqui, porque tem cliente que prefere comprar por lá.”

Mesmo durante o período de isolamento social, o jovem afirma que está faturando mais do que antes. Segundo ele, o próximo passo é abrir uma loja física em Boa Vista.

O conhecimento técnico para a vendas ele conta que adquiriu no Programa de Aprendizagem do Senac, onde fez três cursos diferentes.

G1 RR

Compartilhe

Deixe um comentário