Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Larissa/Talita bate suíças e encara Maria Elisa/Carol nas quartas do Mundial

0

Por GloboEsporte.com, Viena, Áustria

 Larissa e Talita estão nas quartas de final do Mundial de vôlei de praia, na Áustria. Demonstrando estarem cada vez mais embaladas na temporada, elas passaram pelas suíças Heidrich e Verge-Depré com uma contundente vitória por 2 sets a 0 (21/19 e 21/16) pelas oitavas de final. As adversárias nas quartas serão Maria Elisa e Carol Solberg, o que já garante ao menos uma dupla brasileira na semifinal feminina. Nesta quinta, as jogadoras do Rio eliminaram as compatriotas Elize Maia e Taiana por 2 sets a 0 (21/19 e 21/19).

– Nós vamos pensando passo a passo. Agora temos uma dupla brasileira pela frente, nós nos conhecemos muito bem, mas quando chegar a hora do jogo vai ser as duas equipes querendo passar à semifinal. Hoje as suíças variaram muito o saque, então tive que defender e atacar. Valeu e muito essa vitória – disse Talita.

Larissa e Talita venceram a dupla da suíça e garantiram presença nas semifinais (Foto: Divulgação / Fivb) Larissa e Talita venceram a dupla da suíça e garantiram presença nas semifinais (Foto: Divulgação / Fivb)

Larissa e Talita venceram a dupla da suíça e garantiram presença nas semifinais (Foto: Divulgação / Fivb)

O jogo começou equilibrado, com alternâncias no placar nos cinco primeiros pontos. A partir de então, as brasileiras começaram a se impor, abrindo 10/6. Num erro de ataque de Larissa, as suíças diminuíram para 12/10. O lance motivou Heidrich/Verge-Depré, que chegou ao empate e à virada por 13/12. O lance foi a senha para as brasileiras acordarem, voltando a equilibrar o jogo. Nos pontos finais, brilhou a estrela de Larissa e Talita, que fecharam o set em 21/19.

O segundo período teve um início parecido com o primeiro. Ao abrirem 10/6, as brasileiras permitiram a reação das suíças. Só que Heidrich/Verge-Depré pararam no nono ponto. Num bloqueio de Talita, a dupla do Brasil abriu três de vantagem (12/9), jogando toda a pressão nas rivais. As suíças, então, passaram a errar mais, abrindo caminho para a vitória brasileira. E o triunfo veio com uma bola curta de Larissa, fazendo 21/16.

Se Talita e Larissa tiveram relativa dificuldade em sua partida, Maria Elisa e Carol só precisaram de 36 minutos para despachar Elize Maia e Taiana com um duplo 21/19. Elize até que se impôs na rede fazendo 17 pontos em ataques e dois em bloqueios. Só que a dupla do Rio foi mais eficiente de uma forma geral, uma vez que as rivais cometeram 42 erros ao longo da partida. O duelo brasileiro pelas quartas acontece nesta sexta, em horário a definir. O SporTV3 transmite o Mundial ao vivo.

Carol Solberg reclamou do calor de Viena (Foto: Divulgação/FIVB) Carol Solberg reclamou do calor de Viena (Foto: Divulgação/FIVB)

Carol Solberg reclamou do calor de Viena (Foto: Divulgação/FIVB)

– Está quente e temos que ser bastante fortes para lidar com isso. Nós não jogamos tantos jogos juntas, mas nós começamos a descobrir quem somos como time. Elize e Taiana são um time excelente e é uma partida que qualquer equipe pode sair com a vitória. Nos enfrentamos várias vezes neste ano e é um jogo tenso para nós. Agora estamos de olho nas quartas de final e espero que possamos brigar por uma medalha – frisou Carol Solberg.

Compartilhe

Deixe um comentário