Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Menina que se engasgou com caroço de seriguela pode ter de passar por nova cirurgia

0


Mãe fala sobre estado de saúde de criança que se engasgou com caroço

Mãe fala sobre estado de saúde de criança que se engasgou com caroço

A menina de seis anos que foi transferida de helicóptero de Juazeiro do Norte para Fortaleza, após engolir um caroço de seriguela, em Barro, no Ceará, pode ter de passar por uma nova cirurgia. A informação foi confirmada neste sábado (8), pela mãe da garota, Josefa Maria de Jesus. A falta de ar apresentada pela criança chegou a ser confundida com Covid-19.

Conforme Josefa, que está acompanhando a filha internada no Instituto Doutor José Frota (IJF), a criança passou por uma cirurgia, porém, os médicos avaliar, segundo a mãe, se o corpo estranho foi retirado completamente. Na segunda-feira (10), a menina vai passar pela avaliação de um médico para avaliar se ela deverá se submeter novamente ao procedimento.

“Ela está bem, na medida do possível, mas só vamos saber, mais certo ,alguma coisa a partir de segunda-feira, porque ela ainda está entubada. Na cirurgia que ela teve aqui não deu para tirar o caroço da siriguela e o médico teve que cortar o caroço lá dentro.(…). Então ele quer ver se ficou restos do caroço. Se ficou, na segunda, ela ainda vai passar por outra cirurgia”, afirma a mãe.

Segundo o IJF, de janeiro a junho deste ano o hospital realizou mais de 1.200 atendimentos emergenciais em crianças e adultos que aspiraram algum tipo de objeto.

De acordo com Josefa, a filha estava brincando com outras crianças na última segunda-feira (3), quando começou a apresentar falta de ar. Familiares levaram a garota para um hospital de Barro, onde ela chegou a ser diagnosticada com Covid-19.

De Barro, a menina foi transferida depara Barbalha e depois encaminhada para o Hospital Regional do Cariri (HCR), em Juazeiro do Norte.

Devido à gravidade do problema, a menina foi transferida do Hospital Regional do Cariri (HRC) para o IJF, no Centro da capital.

Exame em hospital

De acordo com o médico Adriano Antunes, da Ciopaer de Juazeiro do Norte, que participou dos trabalhos de transferência, uma broncoscopia mostrou o caroço na garganta da criança. “E foi evidenciada uma estrutura ovalada que depois em conversa com a família e também depois de uma broncoscopia constatou-se que era um caroço de seriguela”, explicou.

Ainda segundo o médico, não foi possível retirar o caroço da criança em Juazeiro do Norte, por isso houve a necessidade da transferência da paciente para Fortaleza.

Menina de seis anos sentiu falta de ar. Após fazer uma broncoscopia, equipe médica descobriu que tratava-se de um caroço de seriguela. — Foto: Toni Sousa/Sistema Verdes Mares

Menina de seis anos sentiu falta de ar. Após fazer uma broncoscopia, equipe médica descobriu que tratava-se de um caroço de seriguela. — Foto: Toni Sousa/Sistema Verdes Mares

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário