Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Ministério da Justiça autoriza envio da Força Nacional a Caucaia após assassinato de candidato

0

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o envio de agentes da Força Nacional para fazer a segurança durante as eleições municipais em Caucaia, na Grande Fortaleza, conforme publicação no Diário Oficial desta sexta-feira (30).

A autorização ocorre quatro dias após o assassinato de um candidato a vereador no município. Evangelista de Sousa Jerônimo (PSB), 51 anos, foi achado dentro de casa, em frente ao comitê eleitoral onde trabalhava, com marcas de golpes de faca.

Segundo o ministério, a Força Nacional vai atuar “em apoio à Polícia Federal nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade [segurança] das pessoas e do patrimônio público” na data da eleição, em 15 de novembro; e também em 29 de novembro, caso ocorra segunda turno na cidade.

As tropas da Força Nacional deve permanecer na cidade por 33 dias, de 30 de outubro a 1º de dezembro.

A quantidade de agentes que serão enviados ao município não foi informada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Morte de candidato

Candidato a vereador é morto em Caucaia

Candidato a vereador é morto em Caucaia

Evangelista de Sousa Jerônimo, conhecido como Batista da Banca, foi achado morto dentro de casa na segunda-feira (26), depois de quase 24 horas desaparecido. Segundo a polícia, o corpo do candidato apresentava perfurações de faca. Batista da Banca morava sozinho em frente ao comitê onde ele trabalhava a campanha de vereador pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Testemunhas informaram que viram Batista da Banca entrando na casa dele com um homem no domingo (25). Como a vítima não compareceu ao comitê e nem ao local de trabalho, vizinhos foram até a residência dele, onde encontraram o homem já sem vida. A polícia investiga o caso.

Força Nacional

Força Nacional atuou na Segurança no Ceará durante a onda de ataques. — Foto: José Leomar/SVM

Força Nacional atuou na Segurança no Ceará durante a onda de ataques. — Foto: José Leomar/SVM

A Força Nacional de Segurança foi criada por decreto presidencial em 2004 com a finalidade de auxiliar os estados em situações emergenciais de segurança.

Assinado pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo ministro da Justiça à época, Marcio Thomaz Bastos, o decreto prevê que a Força Nacional pode auxiliar os estados em casos de catástrofes ou desastres coletivos, no combate aos crimes ambientais, em realização de bloqueios em rodovias e na atuação em grandes eventos públicos.

No Ceará, as tropas já atuaram em medidas de urgência quando cidades do estado sofreram onda de ataques de facções criminosas e durante a greve de parte dos policiais militares.

Candidato a vereador é assassinado a golpes de faca em Caucaia, na Grande Fortaleza — Foto: Leabem Monteiro/SVM

Candidato a vereador é assassinado a golpes de faca em Caucaia, na Grande Fortaleza — Foto: Leabem

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário