Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Moraes: Não é proibido roupa verde e amarela para votar

0

Declaração foi dada durante o encerramento da sessão do STF, nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (29), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, disse que os eleitores poderão comparecer aos locais de votação no domingo (2) com a camisa que quiserem.

A declaração foi dada durante o encerramento da sessão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta tarde. O ministro afirmou que não há proibição para que eleitores deixem de votar com a camisa do Brasil.

Leia também1 Alexandre de Moraes: TSE vai assegurar eleições confiáveis
2 Ministros do Supremo devem acompanhar apuração no TSE
3 “Reeleição e Hexa”, diz Bolsonaro após apoio de Neymar
4 Atriz declara apoio a Bolsonaro: ‘Não me identifico com PT’
5 Alckmin faz mistério sobre assumir Economia se vencer

– Os eleitores e eleitores podem ficar tranquilos, podem ir vestidos trajando a camisa que quiserem. Inúmeras fake news [desinformação] estão dizendo que o Tribunal Superior Eleitoral proibiu ir de verde e amarelo, com a camisa do Brasil. O eleitor vai com a camisa que quiser – falou.

O presidente também conclamou os eleitores a irem votar tranquilamente no dia da votação. Moraes considera o pleito como uma “festa de democracia” e disse que domingo “não será dia violência, de agressão e de xingamento”.

– O importante é que os eleitores compareceram no domingo para realizar esse sagrado direito, conquistado a duras penas, de escolha, de voto, para que nós possamos manter uma tradição democrática brasileira construída desde da Constituição de 1988 – concluiu.

No próximo domingo, dia do primeiro turno das eleições, mais de 156 milhões de eleitores estarão aptos a elegerem o presidente da República, deputados estaduais, federais e distritais, além de governadores e senadores.

*Agência Brasil

Compartilhe

Deixe um comentário