Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Motorista de aplicativo é preso suspeito de assaltar jovem em Fortaleza e diz que foi obrigado por passageiros

0
Motorista de aplicativo é preso suspeito de assaltar passageiro em Fortaleza

Motorista de aplicativo é preso suspeito de assaltar passageiro em Fortaleza

Um motorista de aplicativo foi preso na manhã desta sexta-feira (17) na Praia do Futuro, em Fortaleza, após uma jovem denunciá-lo à polícia pelo roubo de um celular. Segundo a jovem, ela aguardava o horário de entrada em frente ao local de trabalho no Bairro Papicu quando o rapaz desceu do carro e a forçou a entregar o aparelho. De acordo com a Polícia Civil, ele foi preso horas depois da denúncia durante uma corrida com uma passageira. O 15º Distrito Policial investiga o caso.

O motorista, Iranildo da Silva Bertodo, 23 anos, alegou em entrevista à TV Verdes Mares que foi coagido por três homens armados a realizar o assalto. O homem conta que recebeu uma solicitação de corrida para o Bairro Vila Velha e que, ao chegar lá, três homens armados entraram no carro e durante essa viagem ele foi obrigado a assaltar.

“Fui obrigado. Peguei três passageiros no Vila Velha e tem até no aplicativo, se quiser olhar. Aí eles me forçaram a descer e anunciar o assalto com ela”, conta.

A jovem relata que o suspeito estacionou o carro dele, desceu, foi até onde ela estava em uma rua do Bairro Papicu e pediu o celular dela, ameaçando-a de morte caso ela não entregasse.

“Ele desceu do carro e veio para cima de mim dizendo: ‘passa o celular’ e que se eu não passasse ele me dava um tiro na cabeça. Mesmo assim eu não acreditei. Eu disse que não ia passar e comecei a gritar. Aí, ele foi e me tacou no chão e eu joguei o celular no chão. Ele disse que ia me matar. Aí quando ele disse que ia me matar, eu joguei meu celular no chão. Ele pegou, entrou no carro e saiu dirigindo”, conta.

Prisão do suspeito

Diálogo entre o suspeito e passageira que estava no carro quando ele foi preso em flagrante na Praia do Futuro após assaltar mulher na rua — Foto: Leábem Monteiro/SVMDiálogo entre o suspeito e passageira que estava no carro quando ele foi preso em flagrante na Praia do Futuro após assaltar mulher na rua — Foto: Leábem Monteiro/SVM

Diálogo entre o suspeito e passageira que estava no carro quando ele foi preso em flagrante na Praia do Futuro após assaltar mulher na rua — Foto: Leábem Monteiro/SVM

Silva foi preso no momento em que fazia a corrida de uma passageira para o Eusébio, na Grande Fortaleza. De acordo com a polícia, após o assalto, o suspeito recebeu a chamada no aplicativo de uma cliente solicitando corrida e foi até o endereço solicitado, no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

No meio do caminho, o suspeito percebeu que a polícia estava formando um cerco e entregou o celular que ele roubou da jovem no Bairro Papicu à passageira do carro.

“Eu estava no HGF terminando de passar a noite como acompanhante, aí solicitei o aplicativo e ele chegou rapidinho. Entrei dentro do carro e, no meio do caminho, a polícia abordou e ele mandou eu guardar o celular dentro do meu bolso como se nada tivesse acontecendo”, diz. O motorista não explicou por que não deixou o celular com os três homens que ele alega tê-lo coagido a roubar.

Iranildo da Silva não tinha passagens pela polícia e foi autuado em flagrante por roubo. Ele foi levado para o 15º Distrito Policial, onde o caso foi registrado. O G1 solicitou nota à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e aguarda retorno.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário