Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Movimentação de granel líquido no Pecém cresceu 70% em 2019

0

A movimentação de granel líquido no Porto do Pecém cresceu 70% nos primeiros nove meses de 2019. De acordo com a Cipp S/A, administradora do equipamento, foram 405.376 de  toneladas de gás natural liquefeito (GNL) oriundas das operações realizadas no píer 2, espaço onde está localizado o Terminal de Regaseificação do Pecém. No ano passado, no mesmo período, foram 238.727 toneladas.

De acordo com a Cegás, o fato é explicado pela reativação da usina Termofortaleza. O empreendimento, consumidor de gás, aumentou a movimentação do granel líquido.

O Terminal de GNL do Pecém consiste em um navio ancorado no píer 2 do Porto do Pecém, com um tanque criogênico que armazena o gás natural na forma líquida, a temperaturas inferiores a -160º C. O volume armazenado corresponde a 80 milhões de m³ em estado gasoso, equivalente a uma compressão de mais de 600 vezes do seu volume líquido. O navio ancorado é constantemente abastecido por outros navios em trânsito, por meio de uma transferência de carga líquida.

Em 2019 o terminal portuário cearense já recebeu navios-tanque de GNL procedentes de portos dos Estados Unidos, Noruega, Nigéria, Camarões e Argentina.

Compartilhe

Deixe um comentário