Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

MPF denuncia irmãos Efromovich e Sérgio Machado por esquema na Transpetro

0

Antonio Cruz/Agência BrasilSegundo o MPF, o presidente da Transpetro deixava claro que “todas as empresas que firmavam contratos com a estatal ‘colaboravam’ com um percentual de cada contrato”

Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia contra o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, por corrupção e lavagem de dinheiro na construção de navios, em um prejuízo estimado em R$ 650 milhões. Os procuradores acusam Sérgio e os irmãos Germán e José Efromovich, donos do estaleiro Mauá, no âmbito da Operação Lava Jato, por ilícitos cometidos entre 2008 a 2014, no Programa de Modernização e Expansão da Frota da Transpetro, conduzido pelo então presidente da estatal Sérgio Machado. Em 2007, o estaleiro Mauá venceu a licitação para construção de quatro navios. Um ano depois, quando Germán negociava a contratação direta do Estaleiro Ilha, do mesmo grupo, para construção de quatro navios, Machado teria solicitado ao empresário o pagamento de propina equivalente a 2% do valor dos contratos. Segundo o MPF, o presidente da Transpetro deixava claro que “todas as empresas que firmavam contratos com a estatal ‘colaboravam’ com um percentual de cada contrato”.

Jovem Pan

Compartilhe

Deixe um comentário