Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Município cearense produz rapadura gigante com mais de 5 toneladas

0

Na edição deste ano, o evento quebrou cerca de cinco toneladas de rapadura — Foto: Divulgação/ Geysa TeixeiraNa edição deste ano, o evento quebrou cerca de cinco toneladas de rapadura — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

Na edição deste ano, o evento quebrou cerca de cinco toneladas de rapadura — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

Uma das sobremesas preferidas dos nordestinos virou atração principal no ‘Pindorecana’, evento que acontece todos os anos no município de Pindoretama, no Ceará. Neste domingo (15), houve a quebra de uma rapadura cerca de cinco toneladas como parte da programação do Festival. O doce foi distribuído para as mais de 1000 pessoas presentes no local.

Festa tradicional

A tradição começou há sete anos como uma forma de divulgar a cultura canavieira. Em 2008, quando a cidade se reuniu pela primeira vez para a produção, foi feito 1800 kg da iguaria. A marca entrou para o Guiness Book como a maior rapadura do mundo. A cada nova edição os organizadores aumentam o tamanho do doce.

 O doce foi distribuído para as mais de 1000 pessoas presentes no local — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira O doce foi distribuído para as mais de 1000 pessoas presentes no local — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

O doce foi distribuído para as mais de 1000 pessoas presentes no local — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

Desde 2005, o Festival promove a revitalização da cultura canavieira da região. Nesta edição, durante cinco dias, o público contou com programação diversificada de shows, apresentações culturais, além de exposição com artigos de artesanato.

Desde 2005, o Festival promove a revitalização da cultura canavieira da região — Foto: Divulgação/ Geysa TeixeiraDesde 2005, o Festival promove a revitalização da cultura canavieira da região — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

Desde 2005, o Festival promove a revitalização da cultura canavieira da região — Foto: Divulgação/ Geysa Teixeira

De acordo com o Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Pindoretama e organizador do evento, Alison Freitas, o Festival tem justamente essa finalidade de fomentar o comércio local. “A gente desenvolve também o empreendedorismo, o artesanato, a agricultura familiar, que dentro do evento, em torno de 300 famílias são beneficiadas.”

G1 CE
Compartilhe

Deixe um comentário