Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Operação Precatórios: oito são presos por envolvimento em crimes de estelionato no Ceará e Piauí

0

Operação Precatórios, feita em parceria entre as Polícias Civis do Ceará e do Piauí, prendeu oito pessoas nesta quarta-feira (30), em Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba. No total, havia 12 mandados de prisão e outros 23 de busca e apreensão. Quatro pessoas continuam foragidas. 

A ação investiga crimes de estelionato praticados contra pessoas que têm direito a receber precatórios nos Estados do Piauí e Ceará. As vítimas teriam direito a receber dinheiro de ações ganhas contra o Governo. 

Um dos alvos da ação desta quarta foi encontrado em uma mansão, onde um carro de luxo foi apreendido. 

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, Gerente de Polícia Especializada, o objetivo da terceira fase foi prender o alto escalão da organização criminosa.

“O foco também era atacar o patrimônio desse grupo criminoso que lesou dezenas de vítimas em todo o País. Essas pessoas presas hoje são as que ficavam com maior percentagem do dinheiro arrecadado com os golpes”, disse o delegado.

Os golpistas fizeram vítimas em, pelo menos, 12 estados. Uma das pessoas lesadas chegou a perder R$ 120 mil no golpe. 

Segunda fase da operação

Na segunda fase da Operação Precatórios, líderes de um grupo criminoso suspeitos de cometer golpes por telefone para cobrar quantias em dinheiro foram presos na manhã do dia 17 de junho. As autoridades policiais cumpriram 11 mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão no Ceará. 

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, a organização criminosa fez mais de mil vítimas, entre golpes consumados e tentativas. 

Na primeira fase da operação, em março de 2020, as investigações policiais descobriram que a quadrilha foi montada na Grande Fortaleza. Os líderes do grupo residiam principalmente em Maracanaú, Guaiuba e Pacatuba.

Diário do Nordeste

Compartilhe

Deixe um comentário