Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Professor e pesquisador Gilmar de Carvalho morre de Covid-19 aos 71 anos

0

O pesquisador e professor Gilmar de Carvalho, 71 anos, morreu por complicações de Covid-19 na manhã deste domingo (18), em Fortaleza. Natural de Sobral, Gilmar também era jornalista e estudioso da cultura cearense.

A informação foi divulgada pela amiga, curadora e pesquisadora, Dodora Guimarães, em suas redes sociais. Dodora lamentou a morte do pesquisador e afirmou que “a cultura brasileira perde um de seus mais dedicados colaboradores, e a cultura do Ceará o seu mais competente tradutor”. Ele estava internado desde 20 de março último em uma UTI de um hospital particular.

A Associação Cearense de Imprensa (ACI) também lamentou a morte de Gilmar. Pelas redes sociais, a amiga mencionou que “ele foi sócio da entidade por mais de duas décadas. Sua dedicação à pesquisada cultura popular, com vasta produção bibliográfica, e a atuação como professor de gerações de jornalistas são imensas”.

O governador Camilo Santana (PT) lamentou a morte em nota nas suas redes sociais. “Recebi com muito pesar a notícia da morte do professor Gilmar de Carvalho, vítima da Covid-19”, disse. “Gilmar era também um dos mais respeitados pesquisadores da cultura popular cearense”, acrescentou.

Gilmar de Carvalho era bacharel em direito e em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo e doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Era professor do Departamento de Comunicação Social desde 1984 e integrante do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFC desde 2004.

Gilmar trabalhava em pesquisa atividades de ateliês xilográficos da região do Cariri como a Lira Nordestina em Juazeiro do Norte, acompanhando a produção de várias edições de livros de cordel, álbuns de gravuras e matrizes.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário