Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Rede Globo perde os direitos de transmissão de mais um evento

0

Nesta semana, a direção da Rede Globo anunciou que não renovou os direitos de transmissão da Fórmula 1, considerada a principal competição de automobilismo no mundo. Essa é mais uma baixa confirmada no cardápio oferecido pelo esporte da emissora a seus telespectadores.

Leia mais: No futebol, a liberdade entra em campo

Assim, a Rede Globo confirmou o que já vinha sendo especulado no meio publicitário. A decisão em relação à Fórmula 1, e que já valerá a partir da temporada 2021 da competição, ocorre três semanas após o canal perder os direitos de exibição da Taça Libertadores. Na ocasião, o veículo de comunicação culpou a paralisação provocada pelo vírus chinês para romper o contrato com a Confederação Sul-Americana de Futebol.

Em relação à Fórmula 1, a Rede Globo não deu detalhes das razões para o fim da parceria que durava há décadas, e de forma exclusiva, na televisão aberta do Brasil. Entretanto, a empresa de mídia mantida pela família Marinho fez questão de propagar ter “um dos maiores” portfólios de direitos de eventos esportivos do planeta. Portfólio que perde a famosa competição automobilística.

Revisão do portfólio

“Como parte da revisão de seu portfólio de direitos, um dos maiores entre emissoras de TV do mundo, a Globo optou por não renovar os direitos de transmissão da Fórmula 1 a partir de 2021. Mesmo sem a transmissão das corridas, a Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas diversas plataformas”, informou a direção da emissora em comunicado oficial, conforme noticia o portal UOL.

Nesse sentido, a emissora não explicou como será feita a cobertura da F1 sem a exibição das corridas. Exibida pela concorrente TNT, a final da Champions League, por exemplo, não teve destaque na programação da emissora.

Anderson Scardoelli/Revista Oeste

MAIS: “Por que a Globo abriu mão de exibir jogos da Libertadores?”

Compartilhe

Deixe um comentário