Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Semana do Aleitamento Materno reforça a importância da amamentação

0

Na semana do aleitamento materno, celebrado entre o dia 1º e 7 de agosto, São Gonçalo do Amarante celebra o Projeto “Amigos do Peito”, sob a Coordenação de Nívea Correia, ele dá suporte a mães e bebês que enfrentam dificuldades no momento da amamentação.

O projeto surgiu em setembro de 2015, no Hospital Geral Luísa Alcântara e Silva, com o intuito de incentivar o aleitamento materno na primeira hora de vida do bebê e o contato pele a pele com a mãe desde o nascimento.

O projeto orienta as mães no pós-parto imediato, apoiando e ensinando a forma mais confortável para o binômio (mãe e filho) para que não haja desmame precoce nos primeiros dias de vida do bebê. O projeto acompanha a família até o sexto mês de vida da criança.

Com o passar dos meses, foi percebida a necessidade do acompanhamento da gestante com cursos e palestras, a orientação ao parto normal e a importância da presença da doula na equipe do parto, trazendo assim mais conforto e segurança para as futuras mamães no momento do parto.

No início de 2016 foi feita uma parceria com o NASF, que realiza visitas domiciliares e palestras com a equipe multidisciplinar para orientar não só a mãe, mas a família como um todo. São levados para o hospital métodos não farmacológicos, como musicoterapia e massagem de conforto.

O projeto visa o empoderamento feminino, os direitos da gestantes, orientação, incentivo ao parto normal (quando a mulher segue a gestação com os parâmetros adequados) e apoio ao aleitamento materno exclusivo com demanda livre até o 6º mês de vida do bebê e até 2 anos como complemento à alimentação, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde.

A coordenação do Programa de Coleta de Leite Humano informa que toda mulher em período de amamentação é uma possível doadora de leite humano. Para doar, basta ser saudável e não tomar medicação que interfira na amamentação.

Para doar para o Banco de Leite de São Gonçalo do Amarante, basta entrar em contato a Agente Comunitária de Saúde da área, que irá intermediar o procedimento para a equipe de Coleta do Leite Humano.

Compartilhe

Deixe um comentário